Yoshi: Uma lenda dos videogames

E não, não estou exagerando. Quem o conhece, sabe bem do que estou falando…Com vocês, uma das maiores lendas do videogame, mais do que isso, um dos mais amados também! A todos, uma excelente diversão!




Item 1 - Como tudo começou

Pois é, e parece que foi ontem, não é mesmo? Eu mesmo, nunca imaginava tanto sucesso, quando muito, em “Mario World”, “Mario 2”, mas não assim né? Admirado por tantas pessoas…

Em sua base, como se sabe, um dos dinossauros mais queridos de todos os tempos. A ele, o poder de voo, destreza e corrida.

O primeiro, por sua vez, um dos mecanismo mais utilizados. Que o diga,é claro, na “Planície da Rosquinha”.

Bastante cultuado, o personagem é ainda um dos mais conhecidos. Rivalizando em igualdade, com os lendários Mario, Luigi e Donkey Kong.

Além de carismático, Yoshi é também lembrado por uma série de peculiaridades. Entre as mais chamativas: o seu tom de pele verde, e claro, os olhos esbugalhados.

No Brasil, assim como no mundo, é citado nos mais variados produtos. São eles: lancheiras, tênis, bonês…

Não obstante, a sua imagem nas mais diferentes camisetas. Não menos importante, em variadas formas de pelúcia.




2 - Um personagem inesquecível

É, e tudo começaria há muitos e muitos anos. Estão lembrados? 91, 92, 93…Os consoles então, alguns dos mais memoráveis: NES, SNES, Gameboy…

Só no Super Nintendo, foram oito jogos diferentes: “Super Mario World”, “Mario Kart”, “Mario is Missing”…
Com o sucesso obtido, a sua aparição nos mais diversos games. Entre os mais conhecidos, claro: “Yoshi’s History” e “Yoshi’s Cookie”.

Além dos games, o personagem apareceria nos mais variados projetos. Um dos mais famosos, como elemento central de uma HQ.

Atualmente, é também lembrado em diferentes fóruns pela Internet. Eu mesmo, um dos que mais o admiram até hoje.




3 - Os principais trabalhos

E claro, se o assunto é esse, nada melhor do que eles, não é mesmo? Com vocês, alguns dos trabalhos mais bonitos sobre o personagem. Dá só uma olhadinha:


































Viu só, que demais? Não se esqueça de curtir!

Receba mais em seu e-mail
Topo