Warner Bros vai lançar filmes para 2021 nos cinemas e na HBO Max simultaneamente

A Warner Bros. anunciou que irá lançar simultaneamente seus próximos filmes para 2021 nos cinemas e transmiti-los através do HBO Max nos Estados Unidos simultaneamente.

A gigante do cinema revelou recentemente que lançaria a Mulher Maravilha 1984 na HBO Max no dia de Natal, por um mês, bem como lançaria nos cinemas – em áreas onde eles estão abertos.

A Warner Bros. agora disse que planeja fazer o mesmo com todos os seus títulos de 2021, incluindo Space Jam: Um novo legado, Dune, Esquadrão Suicida e Matrix 4.

Solução para novos tempos

De acordo com a Collider, todos os novos filmes estarão disponíveis em 4K Ultra HD e HDR na HBO Max.

Os filmes de 2021 aparecerão na HBO Max por um mês, após o qual serão retirados do streamer – mas ainda ficarão em exibição nos cinemas.

Eles então obterão um lançamento em DVD/ Blu -ray antes de voltar para a HBO Max.

Em um comunicado, a chefe da Warner Bros, Ann Sarnoff, disse que a decisão foi tomada em resposta à pandemia de coronavírus em curso.

Agentes de Hollywood ficaram chocados com a notícia de que a Warner Bros. Pictures lançará 17 filmes – toda a sua lista de 2021 – simultaneamente nos cinemas e no o serviço de streaming HBO Max.

Crédito: PA
Foto: (reprodução/internet)

Decisão fez a Warner sofrer duras críticas

“Eu acho que os cinemas serão apenas lojas de Halloween agora.”

Essa foi a resposta superficial de um executivo veterano do estúdio na quinta-feira, juntando-se a um coro de corretores de poder, agentes e outros insatisfeitos.

Nos momentos que antecederam o anúncio  os jornalistas de cinema começaram a suavizar o terreno no Twitter. Eles prometeram um evento de nível de extinção, do tipo que o público normalmente encontra nos sucessos de bilheteria preparados pela Warner Bros., sediada em Burbank.

Muitos em Hollywood esperavam que os estúdios tradicionais seguissem o exemplo da Universal Pictures, que fechou um acordo importante em julho para reduzir a janela do cinema – o período exclusivo em que os filmes são exibidos nos cinemas – para apenas 17 dias antes que a Universal tivesse a opção de tomar seus produtos para vídeo sob demanda pago. Mas poucos esperavam uma mudança tão drástica.

“Não há dúvida de que a WarnerMedia está aproveitando este momento pandêmico e tomando uma decisão para o futuro de sua empresa priorizando o streaming. A questão é: a que custo leva esta forma de arte?” perguntou um executivo de nível C em um estúdio rival.

Empresa estaria perdendo grande quantia em dinheiro

Outro executivo bem conhecido e bem-sucedido estimou que a WarnerMedia “se desfez facilmente de US $ 2 bilhões em ativos embrulhados para presente para a HBO Max, que não terá absolutamente nenhum retorno”.

Sarnoff, presidente e CEO da WarnerMedia Studios and Networks Group, disse: “Estamos vivendo em tempos sem precedentes que exigem soluções criativas, incluindo esta nova iniciativa para o Warner Bros.”

Planeta Caladan 'duna'
Foto: (reprodução/internet)

“Ninguém deseja que os filmes voltem à tela grande mais do que nós. Sabemos que o novo conteúdo é a força vital da exibição teatral, mas temos que equilibrar isso com a realidade de que a maioria dos cinemas nos Estados Unidos e outros países provavelmente operarão com capacidade reduzida ao longo de 2021.”

Veja também: O Batman de Robert Pattinson foi adiado até 2022 pela Warner Bros

“Com este plano único de um ano, podemos apoiar nossos parceiros na exibição com um fluxo constante de filmes de classe mundial, ao mesmo tempo que oferecemos aos cinéfilos que podem não ter acesso aos cinemas ou não estão prontos para voltar aos filmes. chance de ver nossos incríveis filmes de 2021.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fontes: LadBible e Variety