Vizinhos e arquitetos se unem para construir uma casa para este homem de 87 anos

ANÚNCIO
ANÚNCIO

A boa vontade do dos vizinhos do bairro, o talento de alguns arquitetos e o apoio de todas as pessoas que quiseram ajudar é o que foi necessário para dar a esse senhor abandonado um novo lar.

Don Amando Esquivel tem 87 anos, sofre de diabetes e tenta sobreviver com os 2.500 pesos mexicanos que recebe de uma pensão a cada dois meses. Ele mora em uma pequena sala que ele mesmo construiu no bairro de expansão Colonia La Rosita em Torreón, Coahuila, mas neste inverno sua situação ficou muito ruim.

Vizinhos e arquitetos se unem para construir uma casa para este homem de 87 anos

Ele passa os dias na cama, coberto com quatro cobertores que não são suficientes para aquecê-lo e não se alimenta bem devido à falta de recursos. As pessoas que moram no mesmo bairro o chamam de “El Abuelo” e tentam ajudá-lo. Quando eles conheceram o caso dele, alguns profissionais da construção decidiram apoiá-lo a ter uma casa decente.

Os arquitetos Amaury Pérez e Cristian Javier Ferrera começaram a trabalhar para projetar uma pequena casa para esse homem solitário. Eles visitaram e conversaram com ele para atender às suas necessidades e, juntos, iniciaram o projeto chamado “La Casa Del Abuelo”, que será construído no mesmo espaço, mas aproveitado ao máximo.

Vizinhos e arquitetos se unem para construir uma casa para este homem de 87 anos

Amaury e Javier coordenam essa construção e disseminaram a situação de Don Amando nas redes sociais para pedir ajuda. Os arquitetos explicaram que as doações podem ser materiais para construir a casa e contribuições econômicas para o trabalho. Você também pode ajudar enchendo a despensa para este senhor. Esses profissionais sabem que seu dever é ajudar quem precisa de seu talento.

“Estamos prestes a começar a construção deste projeto sem fins lucrativos, temos pessoas da mesma comunidade que podem nos apoiar com uma parte da força de trabalho para ajudar a construir a Casa del Abuelo, entendendo isso como um trabalho participativo e multidisciplinar, onde eu e o arquiteto Cristian Ferrera entendemos que nossa profissão é um ato de serviço cujo único objetivo é elevar a qualidade de vida de quem as habita.”

Vizinhos e arquitetos se unem para construir uma casa para este homem de 87 anos

O projeto chamou a atenção dos internautas e já existem grupos de redes sociais em que os arquitetos coordenam todo o apoio que estão recebendo para ajudar Don Amando.

A vida das pessoas pode melhorar quando há um desejo de ajudar e uma boa organização. Esses arquitetos ganharam aplausos de respeito e esperamos que Don Amando possa em breve estar em sua nova casa.