Videogames: o futuro da educação

Kid-video-gamingOs videogames já são o maior mercado de entretenimento do mundo, superando cinema e música, e cada vez mais o poder deles vai crescendo. E agora eles estão chegando à educação, onde os games podem desde ajudar no aprendizado até nos guiar na hora de escolhermos nossa profissão.

A Faculdade Pitágoras, de BH, está implementando um novo tipo de teste vocacional, onde ele é feito em forma de jogo, dando uma melhor dinâmica, o que faz com que a pessoa acabe se dedicando mais no teste, conseguindo sem esforço um melhor resultado: "Hoje, os jovens têm muita facilidade para lidar com tecnologia. Isso ajuda a trazer seus desejos mais profundos. No teste convencional, ele já vem meio viciado. No game, está se divertindo, não tem preocupação com as respostas".

Contudo o grande desejo dos educadores é fazer com que os jogos sejam usados na hora de ensinar, pois desde 1980 trabalhos e pesquisas que envolvem games na educação estão sendo desenvolvidos, contudo no passado os jogos eram limitados e acabavam não conseguindo dar aquele ânimo, pois eram toscos. Mas hoje em dia com todas as possibilidades existentes, os games podem se tornar uma ferramenta importante no ensino, pois seu grau de interatividade é incrível, o que tornaria o ensino mais prazeroso e eficiente.

videogames_escola_camiseta-p235418092845227621z7tqq_400

Felizmente essa onda de tornar os jogos partes do ensino vem crescendo no mundo todo e também no Brasil, como explica Lynn Alves, professor da Universidade do Estado da Bahia: "Na Bahia, já temos alguns jogos desenvolvidos com base em características mais comerciais. Desenvolvemos trabalhos para a área de história, matemática, biologia e empreendedorismo. Algumas experiências já vêm se distanciando do que não interessa os jovens.”

Então vamos torcer para que cada vez mais os jogos façam parte da educação, afinal assim será melhor estudar e também dará aos alunos mais um motivo para irem à escola! Quem diria? Videogames, o futuro da educação!

Pensem nisso! Divulgue a matéria, me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione no Face:http://www.facebook.com/diegominilua.

Reaja! Comente!
Topo