Descubra como viajar de graça depois dos 60 anos

Uma das coisas boas de envelhecer é que você pode viajar com desconto ou até mesmo de graça, segundo o Governo Federal.

Os brasileiros que já completaram 60 anos de idade podem emitir a Carteira do Idoso, um documento necessário que garante viagens interestaduais de ônibus pagando metade do valor da passagem ou gratuitamente.

Descubra como viajar de graça depois dos 60 anos

É direito do idoso com essa idade ou mais solicitar o documento, desde que tenha renda individual de até 2 salários mínimos.

Então, se você se encaixa nessa situação ou conhece alguém que poderia estar aproveitando esse benefício, fique atento às dicas!

Prazo para emitir a Carteira do Idoso

Pode levar até 90 dias para que você tenha a Carteira do Idoso em mãos após fazer o pedido.

PROPAGANDA

Isso contando o dia da solicitação e o dia da entrega.

Enquanto o documento definitivo não chega, você consegue pedir uma espécie de declaração provisória, que tem validade por até 180 dias.

Como usar a Carteira do Idoso

A passagem de graça ou com desconto precisa ser solicitada diretamente no guichê da empresa com a qual você pretende viajar.

Esse pedido pode ser feito a partir de 30 dias úteis antes da viagem até 3 horas do horário da partida.

Se o idoso respeitar corretamente os prazos, as empresas precisam reservar 2 vagas gratuitas para quem tem mais de 60 anos.

Se, caso esses assentos estejam preenchidos, o idoso terá direito ao desconto mínimo de 50% no valor da passagem.

Estado de São Paulo

Quem mora no estado de São Paulo tem a oportunidade de viajar de graça para cidades que sejam dentro do próprio estado, as conhecidas viagens intermunicipais.

Nesse caso, a diferença é no prazo de solicitação da passagem.

O idoso tem direito de fazer a solicitação no, prazo máximo, de 5 dias antes da viagem e, no prazo mínimo, de 24 horas de antecedência.

Como tirar a Carteira do Idoso

Primeiro, tem que ter inscrição no Cadastro Único do governo federal. É como se fosse um banco de dados que o governo tem das famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza.

As informações servem de base também para levar programas sociais aos municípios.

A comprovação de renda será feita mediante apresentação de um dos documentos que comprovem a veracidade da informação.

Para se inscrever no Cadastro Único você vai precisar de CPF ou título de eleitor. Você também pode levar outras coisas para facilitar o cadastro (mas, não são obrigatórias) como comprovante de endereço e carteira de trabalho.

Depois, junte todos os documentos e vá até o Centro de Referência Assistencial Social (Cras) mais perto da sua casa.

Nesse endereço online você consegue localizar qual fica melhor para o seu caminho.

Outras dúvidas

No portal da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) há uma cartilha de perguntas e respostas disponíveis sobre viagens interestaduais de idosos.

É só clicar aqui para ler.

Lembrando que no dia marcado para a viagem, o idoso deverá comparecer ao terminal de embarque até 30 minutos antes da hora marcada para o início da viagem. Caso essa regra não seja obedecida, o idoso pode perder a passagem.

PROPAGANDA