As verdades mais cínicas da sociedade




O cinismo foi uma corrente filosófica fundada por um discípulo de Sócrates que estabelecia os privilégios de uma vida simples e natural cujos valores principais eram buscados no desapego às normas sociais. Nos tempo atuais, apesar de ter ganho uma conotação errônea e pejorativa, podemos definir o cinismo como uma atitude ou caráter de pessoa que revela descaso pelas convenções sociais e pela moral vigente, uma ausência ou falta de vergonha.

Simpatizante dessa corrente filosófica, o ilustrador mexicano Eduardo Salles, criou uma série de imagens que usam de cinismo para mostrar algumas das futilidades da sociedade moderna.

1a




2a




3a




4a




5a




6a




9a




10a




7a




8a





Receba mais em seu e-mail
Topo