Minilua

A verdade sobre Jesus

Soham Jñana, um escritor português, resolveu escrever um livro, chamado "100 revelações sobre Jesus", onde ele pretende revelar algumas verdades sobre Cristo, mostrando que sua vida pode ter sido bastante diferente do que a história nos conta na Bíblia.

Jñana estudou diversos textos bíblicos e outros documentos existentes para que pudesse recriar a vida de Jesus de maneira mais verídica possível, sem se deixar levar pela fé, apenas interpretando o que todos os documentos lidos dizem.

Claro que esse livro causará muita polêmica, pois vai contra a crença de muitos, mas o autor diz que tentará provar com os documentos estudados todas as suas revelações.

Para ir matando a curiosidade, fique com algumas das revelações que já foram feitas por Jñana, antes do lançamento do livro que sai em outubro desse ano:

Jesus não morreu aos 33 anos. Jesus não morreu no ano 30, com 33 anos de idade, como comumente aceito pela maioria dos historiadores e teólogos.

 

– Avós maternos de Jesus foram assassinados – os avós maternos de Jesus foram assassinados em Séforis, então capital da Galileia, no ano 5 AC, alguns meses antes dele nascer.

– Jesus não nasceu em Nazaré nem em Belém – Existem provas irrefutáveis de que Jesus nasceu em outra localidade.

– Jesus pertencia à classe média – evidências contidas na própria Bíblia revelam que desde a infância Jesus foi criado e educado, cresceu e viveu como membro de uma família de classe média alta.

– Jesus assume aos 20 anos o papel de chefe de família – aos 20 anos, Jesus passou a cuidar de sua mãe, de seus quatro meio-irmãos e de suas duas meia-irmãs.

– Jesus só ficou noivo aos 36 anos de idade, cerca de três anos antes de morrer – evidências demonstram que sua esposa estava com pouco mais de 3 meses de gravidez quando foi crucificado.

– Jesus conheceu seu pai biológico apenas aos 38 anos de idade.