Problema raro no cérebro de uma mulher gerou alucinações de aranhas rastejando por cima dela

Uma mulher teve que reaprender a andar e falar depois de sofrer um raro problema cerebral que gerou alucinações de aranhas subindo por seu corpo. 

Quando Aisling Tipping, 34, mãe de dois filhos, sentiu-se pela primeira vez para baixo e fatigada, foi-lhe prescrito um medicamento para depressão pós-parto. Mas quando ela começou a desenvolver sintomas físicos, incluindo dores de cabeça agonizantes, visão dupla, ela sabia que algo estava realmente errado.

 Ela foi levada ao Royal Victoria Hospital em Belfast em outubro de 2018 e, após uma série de testes, os médicos a diagnosticaram com uma forma grave de encefalite – uma inflamação grave do cérebro, que ocorre quando o corpo ataca a si mesmo por engano. 

Alucinações e perda de equilíbrio

Aisling ficou hospitalizada por dois meses e meio, antes de ser transferida para uma unidade de reabilitação, ela agora está de volta para casa em County Armagh, Irlanda do Norte, com sua mãe Ita McCrory, 58. Aisling tem dificuldades permanentes com a fala, bem como um tremor nas mãos, e foi forçada a deixar o emprego como gerente de seguros por causa de sua doença.

“Eu estava tendo dores de cabeça muito fortes e lutando com meu equilíbrio.”

Problema raro no cérebro de uma mulher gerou alucinações de aranhas rastejando por cima dela
Foto: (reprodução/internet)

Ela continuou: “Comecei a ter alucinações. Em algumas ocasiões, pulei da cama porque pensei que podia ver aranhas.”

“Em outra ocasião, tive um ataque de pânico em um salão de beleza, onde fui fazer um tratamento facial. A equipe estava tão preocupada que iria chamar uma ambulância, mas consegui me acalmar.”

Tipping pensou que o problema pode estar relacionado à sua visão, então foi ao oftalmologista, mas de lá ela foi encaminhada para uma tomografia computadorizada e exames de sangue no hospital.

“As coisas não melhoraram e eles rapidamente perceberam que não eram meus olhos – era algo neurológico“, disse ela.

“Fui internada no hospital no mesmo dia.”

Ela acrescentou: “No dia seguinte à minha internação, meu discurso começou a ficar realmente complicado.”

“Parecia que minha língua era grande demais para minha boca.”

Problema raro no cérebro de uma mulher gerou alucinações de aranhas rastejando por cima dela
Foto: (reprodução/internet)

Tipping passou dois meses e meio internada no hospital

Hospitalizada por dois meses e meio, ela teve que reaprender habilidades básicas como lavar, vestir, andar e falar.

No início de 2019, ela foi transferida para uma unidade de reabilitação no Musgrave Park Hospital em Belfast.

Tipping tem continuado com o tratamento, incluindo fisioterapia, terapia da fala, terapia ocupacional e psicologia.

Depois de ter que retornar ao hospital várias vezes, ela está em casa com sua mãe Ita e padrasto Mark desde março 2020.

Problema raro no cérebro de uma mulher gerou alucinações de aranhas rastejando por cima dela
Foto: (reprodução/internet)

Ainda lutando com a fala, Tipping também tem ataxia – um distúrbio que afeta a coordenação, às vezes causado por danos cerebrais – que provocou um tremor em ambas as mãos.

Mas ela tem feito grandes progressos, reduzindo gradualmente a quantidade de medicamentos de que necessita, ao mesmo tempo que se dedica a vários grupos de apoio da comunidade.

Veja também: Ameba comedora de cérebro é encontrada em água que abastece cidades do Texas

Conscientização sobre a doença

Falando antes do Dia Mundial da Encefalite em 22 de fevereiro, Tipping está determinada a aumentar a conscientização sobre a doença.

A Encephalitis Society – uma instituição de caridade que oferece uma grande ajuda a Aisling e sua família – estima que haja apenas 6.000 casos de encefalite no Reino Unido a cada ano.

Embora os sintomas variem, eles podem incluir confusão, alucinações, perda de memória, convulsões, comportamento incomum, febre alta e dores de cabeça.

Tipping disse: “Os médicos disseram que eu poderia melhorar, mas por agora, estou levando as coisas dia após dia.”

“Sei que preciso ter expectativas realistas, mas também estou determinada a continuar e sorrir.”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua 

Fontes: LadBible e Metro