Descubra quais são os 4 tipos de empréstimos consignados no Brasil

Mesmo o empréstimo sendo uma solução prática para muitas pessoas que buscam uma forma de resolver problemas financeiros ou mesmo para realizar sonhos, na hora de solicitar é preciso tomar alguns cuidados. Por isso, conheça os tipos de empréstimos consignados.

Afinal, eles são considerados os que possuem taxas de juros mais baixas, que são pagas mensalmente junto com o valor da parcela. Ainda assim, a variedade de tipos e características pode fazer com que não seja uma boa linha de crédito para você.

A ideia desse conteúdo não é a de que você não contrate um empréstimo. No entanto, que você saiba como fazer isso do jeito certo, evitando o efeito contrário que é tão comum: aumentar as dívidas ao se fazer um empréstimo financeiro para resolvê-las.

O empréstimo consignado no Brasil

Entre os empréstimos mais conhecidos no nosso país, o consignado conseguiu atingir um grande destaque por conta da sua facilidade e da falta de burocracia em pagar as parcelas. Do ponto de vista financeiro, ele também é vantajoso – é mais barato que outras linhas.

Dessa forma, essa modalidade tem algumas características peculiares e alguns tipos de diferentes entre si. Para que entenda melhor esse tipo de operação financeira vamos explicar seus principais detalhes nos próximos tópicos.

Antes disso, saiba que o grande motivo dessa modalidade de empréstimo ser tão procurada são seus juros baixos. Ainda mais se compararmos com outras formas de obtenção de crédito, como o cheque especial ou o parcelamento da fatura do cartão de crédito.

E a explicação é simples: o pagamento das parcelas do empréstimo consignado é debitado diretamente do salário do contratante, evitando o risco de calote – por isso, a instituição consegue abaixar os juros.

Os tipos de empréstimos consignados

No entanto, apesar de parecer ser bem vantajosa, essa linha de crédito não permite que o consumidor tenha um empréstimo onde o valor da parcela passe dos 30% do salário. O que acaba sendo bem comum em outras linhas também.

Além dom ais, tem a questão da baixa burocracia, como grande incentivador de buscar por esse tipo de operação. Bom, agora que você já conhece um pouco desse crédito, vamos falar dos tipos que existem no mercado nacional.

1 – Empréstimo consignado para beneficiários do INSS

O que não falamos acima é que esse tipo de empréstimo não está disponível para todo mundo. Na verdade, a restrição existe para quem vai solicitar. Logo, é aqui que entram os grupos e os tipos de consignado. Como esse, que é para beneficiários do INSS.

Nessa lista entram principalmente os apostados e os pensionistas. Além do mais, ainda há uma regra aqui, que vai de acordo com uma política de crédito, respeitada por bancos e o INSS, não se oferece empréstimos para pessoas acima de 80 anos.

Para descobrir as formas de pagamento e se irá conseguir a liberação do dinheiro, o solicitante será submetido a uma análise cadastral. Outra coisa é saber que haverá cobrança de IOF, porém, isenta de tarifas.

Certas instituições permitem efetuar portabilidade de crédito. Nesse caso, sem cobrança do IOF, que é o Imposto.

De modo geral, dependendo do banco, o prazo máximo para quitar a dívida são 72 meses. E as taxas mudam bastante entre os bancos e financeiras. No geral, apresentam uma média dos 2,08%.

2 – Empréstimo consignado para funcionário público

Se você for um funcionário público, aposentando ou não, também poderá se interessar pelo empréstimo desse outro tipo. Mas, desde que esteja em uma dessas categorias: empregados públicos, bombeiros, policiais militares, servidores estaduais e municipais.

No entanto, só poderá fazer a solicitação com instituições conveniadas com a organização que trabalha ou trabalhou. Assim, nem toda instituição tem parceria com todos os bancos ou financeiras. O que também acaba sendo um requisito.

O limite de tempo para poder quitar o que deve para a empresa que fez seu consignado é de 96 meses. Todo o processo de pagamento será efetuado diretamente no SIAPE. Na média, os juros estão na casa dos 2,05% ao mês, incluindo todos os custos do contrato.

Aliás, como todo empréstimo consignado, saiba que na maioria das vezes, mesmo com o nome sujo é possível pedir o empréstimo e sem muita burocracia, inclusive.

3 – Empréstimo consignado para militares

Os militares são outra categoria que possuem direito ao consignado. Nessa lista, saiba que estão inclusos profissionais do exército, marinha e aeronáutica, sejam eles ativos ou inativos.

Porém, não é qualquer banco que pode oferecer essa opção. Ele precisa ter convênio com a organização militar que o solicitante faz parte – isso para facilitar a cobranças das parcelas diretamente do salário.

O prazo para pagar o empréstimo pode chegar a 96 meses com taxas a partir de 1,50% ao mês, na média geral do país.

As forças armadas ainda possuem uma grande vantagem de conseguirem o valor com mais agilidade, pelo fato de não serem avaliados no Serasa e nem SPC. Além disso, também não será preciso ter fiador.

4 – Empréstimo consignado para funcionário privado

Existe ainda uma última possibilidade para funcionários privados conseguirem pedir um empréstimo consignado, mas algumas restrições devem ser respeitadas. A primeira dela é ser um profissional com carteira de trabalho registrada.

Outra diferença são taxas mais elevadas, pois como os funcionários públicos apresentam uma instabilidade muito maior, gerando naturalmente mais segurança para o contratante.

Mas mesmo assim, as taxas ainda são mais baratas que outras formas de crédito, variando de 1,4% e 3% ao mês. Lembrando que os juros vão ser definidos de acordo com o seu perfil, a instituição onde fez sua solicitação e quanto você vai receber de crédito.

A margem do convênio também é diferente. Logo, ela será definida de acordo com a empresa que trabalha. Portanto, você só poderá pedir essa linha de empréstimo se a sua empresa privada tiver parceria com a instituição que oferece o produto.

E os empréstimos para autônomos

Como vimos acima, os 4 tipos de empréstimos consignados no Brasil não estão a mercê dos autônomos, empreendedores, MEIs ou trabalhadores independentes. Por isso, apesar de ser um crédito com taxas baixas, ele não é acessível para todos. Mas, já criamos aqui um conteúdo falando sobre os melhores empréstimos para MEIs. Leia.

Além do mais, mesmo que seja acessível para você, lembre-se sempre de fazer uma simulação sobre os valores, as parcelas, os juros e tudo mais que for importante para você não comprometer o seu orçamento de forma incorreta – porque isso pode te endividar ainda mais.