Homem tetraplégico chega ao topo de Machu Picchu com a ajuda de seus melhores amigos

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Todos os sonhos podem se tornar realidade quando você é apaixonado e tem a ajuda de seus melhores amigos, daqueles que o seguem em todos os lugares em suas aventuras até o topo.

Phillip Stephens é um australiano que sofreu um acidente durante um mergulho e ficou tetraplégico. Mesmo assim ele continuou  trabalhando como contador do Banco Nacional da Austrália e economizou muito dinheiro para desfrutar de sua maior paixão: viajar pelo mundo.

Homem tetraplégico chega ao topo de Machu Picchu com a ajuda de seus melhores amigos

Ele teve a ajuda de um argentino chamado Marcos Peluffo, e em 2014 eles estiveram em Manly Beach, a 20 minutos de Sydney. Lá eles conheceram Emiliano Bisson, também nascido na Argentina, e Phillip lhe ofereceu trabalho como cuidador noturno e doméstico.

Emiliano aceitou o trabalho e em pouco tempo os três se tornaram amigos inseparáveis. Um dia, eles estavam conversando. Bisson perguntou a Stephens qual era seu maior sonho e ele respondeu que queria subir o Machu Picchu, a cidade inca abandonada nos Andes.

O contador tetraplégico sabia que era quase impossível ir para lá por causa de sua condição, mas Emiliano disse que ele o levaria. Eles fizeram as malas e esses três amigos viajaram para a América. Eles visitaram vários países e finalmente chegaram ao Peru para começar a subir a cordilheira oriental.

Homem tetraplégico chega ao topo de Machu Picchu com a ajuda de seus melhores amigos

Essa subida não foi nada fácil e Emiliano e Marcos se revezaram carregando o amigo. Outras pessoas, vendo o que estavam fazendo e conhecendo sua história, também os ajudaram. Eles demoraram seis horas para chegar a Machu Picchu, mas valeu a pena.

Marcos e Emiliano deram as costas a Phillip quando chegaram ao topo e o viraram na cadeira para surpreendê-lo. Stephens ficou surpreso, ele não podia acreditar que eles estavam realmente lá!

“A expressão em seu rosto quando o sentamos na cadeira e viramos valeu todo o esforço. Seus olhos se iluminaram: Uau, estamos realmente aqui?”

Homem tetraplégico chega ao topo de Machu Picchu com a ajuda de seus melhores amigos

Foram centenas de passos, muito suor, viagens e dificuldades, mas a amizade sincera pode fazer tudo. Graças a seus melhores amigos, Phillip realizou o sonho de sua vida. Desejamos a esses homens uma boa viagem em suas próximas aventuras.