Mais de 100 Teslas foram envolvidos em acidentes por aceleração indevida

Mais de 100 Teslas foram envolvidos em acidentes porque aceleraram sem querer, de acordo com uma queixa registrada nos reguladores federais de segurança nos EUA.

Mais de 100 Teslas foram envolvidos em acidentes por aceleração indevida

 

A denúncia apresentada em 19 de dezembro, mas publicada na sexta-feira, diz que o problema aconteceu com 127 carros diferentes nos três modelos da Tesla atualmente à venda: o Modelo S, o Modelo X e o Modelo 3.

O problema não intencional de aceleração causou 110 acidentes e, como resultado, 52 pessoas ficaram feridas, segundo a denúncia.

ANÚNCIO

O nome das partes que apresentaram a queixa não foi divulgado.

Muitas das reclamações envolveram incidentes envolvendo estacionamento ou retirada de um espaço curto.

O escritório da Administração Nacional de Segurança nas Rodovias de Transporte, diz que está investigando as acusações.

Ainda não foi decidido se existem evidências suficientes para abrir uma investigação de defeitos.

Reclamações de aceleração não intencional freqüentemente provaram ser a culpa dos motoristas pisarem no pedal errado e não terem consciência de que estavam usando o acelerador quando pretendiam usar o freio.

Mas, em alguns casos, os carros têm um problema de aceleração não intencional.

A questão mais difundida envolveu um recall de 2,3 milhões de veículos pela Toyota em 2010.

A Toyota também parou temporariamente de vender oito de seus modelos para resolver o problema.

Tesla não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre a queixa.

As ações da Tesla, que estão em alta nos últimos meses, mudaram pouco no início das negociações, apesar do relatório.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: 9News

ANÚNCIO