Tartarugas ameaçadas de extinção chocam na praia deserta devido ao Covid-19 no Brasil

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Quase 100 tartarugas marinhas ameaçadas de extinção nasceram em uma praia brasileira deserta devido a restrições de coronavírus.

De acordo com a Prefeitura de Paulista, sem ninguém por perto para perturbá-los, 97 tartarugas-de-pente foram capazes de chegar ao mar.

Tartarugas ameaçadas de extinção chocam na praia deserta devido ao Covid-19 no Brasil

As criaturas minúsculas são extremamente vulneráveis ​​depois de eclodirem e correm o risco de serem capturadas por pássaros que passam ou esmagadas por banhistas.

Mas, fotografias tiradas por funcionários do governo, agora foram compartilhadas mostrando o momento em que dezenas de pequenas criaturas se dirigem para o mar, salvas do perigo.

Segundo relatos, os moradores da região de Pernambuco, no nordeste do país, foram proibidos de se reunir na praia devido à propagação do Covid-19.

Falando sobre os raros avistamentos, Herbert Andrade, gerente ambiental da Paulista, disse: “Ao todo, 291 tartarugas marinhas nasceram no litoral paulista em 2020, com 87 tartarugas verdes e 204 tartarugas.

Tartarugas ameaçadas de extinção chocam na praia deserta devido ao Covid-19 no Brasil

Desta vez, devido a medidas preventivas contra o novo coronavírus, a população não conseguiu acompanhar de perto o nascimento “.

Elas podem crescer até 45 polegadas de comprimento e 68 kg, e são classificados como “em perigo crítico” pelo World Wildlife Fund (WWF).

Sua existência é vital para os ‘ecossistemas marinhos e ajuda a manter a saúde dos recifes de corais e do leito do mar’, de acordo com o WWF.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible