PROPAGANDA
PROPAGANDA

Suécia renuncia as Olimpíadas! Prefere usar dinheiro em casas para seus cidadãos.

PROPAGANDA

PROPAGANDA

Realizar um evento como uma Olimpíada de Inverno requer um investimento milionário, mesmo que você já tenha alguma infraestrutura, com a expectativa de recuperar esse dinheiro quando o evento ocorrer, o que nem sempre é o caso.

O governo do país anfitrião fornece a maioria dos recursos, ou melhor, os cidadãos através dos seus impostos, então não há muitas vezes crítica sobre isso, impedindo tantos milhões de serem melhor investidos em obras em benefícios para a comunidade. Aparentemente, o governo de Estocolmo, na Suécia, ouviu esses pedidos e retirou sua candidatura como sede dos Jogos de Inverno de 2022.

Suécia renuncia as Olimpíadas! Prefere usar dinheiro em casas para seus cidadãos.

O prefeito de Estocolmo, com a sua equipe, começou a fazer contas e percebeu que o que estava gastando para organizar os Jogos Olímpicos dava para construir habitação a preços acessíveis, garantindo o direito dos cidadãos a ter uma casa decente.

Depois de analisar a situação, eles decidiram que é melhor construir habitação do que realizar o evento esportivo, então retiraram sua candidatura. O prefeito disse:

“Não posso recomendar à Assembleia Municipal que dê prioridade à realização dos Jogos Olímpicos se houver outras necessidades, como a construção de casas.”

Desta forma, eles deixaram bem claro quais são suas prioridades como governo e qual é a maneira mais eficaz de investir dinheiro público, algo que nem todos os políticos estão dispostos a fazer, porque podem não ser medidas tão populares.

Suécia renuncia as Olimpíadas! Prefere usar dinheiro em casas para seus cidadãos.

Eles esclareceram que não estão em crise econômica e não têm falta dinheiro, eles simplesmente decidiram aplicá-lo nessas ações de benefício social, após um estudo de custo-benefício para organizar um evento do tamanho de uma Olimpíada de inverno.

Parece que esta é a melhor decisão que eles poderiam tomar.