Stephen Hawking, o gênio que nunca desistiu

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Ele uma vez realizou uma festa para viajantes no tempo, mas ninguém apareceu.

STEPHEN HAWKING

Apresentado como um cientista que apenas rivalizou com Albert Einstein nos tempos modernos, Stephen Hawking inspirou bilhões na busca pela ciência e pela descoberta.

Quando ele foi diagnosticado com doença dos neurônios motores em 1963, o físico em desenvolvimento recebeu apenas dois anos de vida. Estatisticamente, 90% das pessoas morrem dentro de uma década após o diagnóstico. Apesar de sua firme convicção em matemática, ele desafiou as probabilidades e viveu outros 55 anos, morrendo aos 76 anos.

stephen hawking

Enquanto sua paralisia se instalava lentamente, Hawking foi forçado a encontrar outras maneiras de se comunicar. Enquanto ele começou a apontar cartões com as sobrancelhas, seu sistema de computador de texto para voz se tornaria uma marca registrada a partir de 1986.

Ele inicialmente dirigiu seu discurso usando o teclado, mas à medida que a doença progredia, ele acabaria usando apenas sua bochecha para dar palestras. À medida que a tecnologia melhorava, ele recebeu uma série de vozes para escolher, mas decidiu manter o original, afirmando que se identificava com ele agora.

Apesar de seus muitos elogios, ele era conhecido por creditar suas aparições em Os Simpsons por torná-lo tão conhecido.

Mantendo grande parte de sua inteligência ao longo da vida, amigos e colegas observaram que ele tinha o hábito de dirigir sua cadeira de rodas de forma imprudente. Em Oxford, Hawking era conhecido como um temerário na equipe de remo da faculdade, muitas vezes conduzindo sua equipe em trajetos arriscados e danificando vários barcos.

Um experimento humorístico que ele escolheu realizar foi uma festa para os viajantes do tempo. Apesar de anunciar o evento publicamente e enviar convites, nenhum apareceu. Para se certificar de que ninguém trapaceou, ele realmente manteve a festa em segredo até depois que ela ocorreu. Sentado sozinho na festa, ele decidiu que agora tinha evidências científicas de que a viagem no tempo era impossível.

time traveler party

Exaltado como um gênio hoje, os biógrafos observam que ele não teve muito sucesso acadêmico no ensino médio. Quando ele estava em Oxford, ele afirmou que estudava por mais de 1.000 horas. Hawking colaborou com Roger Penrose para desenvolver uma teoria das singularidades, oferecendo ainda que o universo possa ter começado como uma só.

Surpreendido com paralisia, Hawking tinha pouca capacidade de escrever anotações ou equações para estudo, o que significa que a maioria de seus cálculos foi feita inteiramente em sua cabeça. Muitos comparam isso à capacidade de Mozart de compor sinfonias em sua mente. O próprio Hawking descreve uma sensação de interpretar equações como geometria.

Continuando sua pesquisa sobre buracos negros, ele colaboraria para desenvolver as quatro leis da mecânica dos buracos negros e até teria uma forma de radiação emitida pelos buracos negros com seu nome. Mais tarde, ele começou a explorar a mecânica quântica, com muitas de suas descobertas abreviadas no pequeno livro A Brief History of Time, que descrevia grande parte de seu trabalho de uma maneira que qualquer um pudesse entender. Terminando o livro usando seu sistema de voz para texto, ele já vendeu mais de 10 milhões de cópias.

Tornando-se popular por seu trabalho como escritor de ciências, Hawking tornou-se importante para a proliferação da compreensão científica, do futuro da humanidade e da conscientização sobre deficiências. Na época de sua morte, ele ganhou seu lugar como um dos maiores cientistas de todos os tempos do cosmos, ao lado de figuras como Einstein, Galileu, Newton e Copérnico.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys