PROPAGANDA
PROPAGANDA

O que é a Spirulina e quais são os seus efeitos colaterais e os perigos

PROPAGANDA

PROPAGANDA

Spirulina é um tipo de alga verde-azulada que cresce tanto em água doce como salgada. Também é produzido comercialmente para uso em alimentos e suplementos. Porque contém 60% de proteína, bem como várias vitaminas e minerais, é amplamente utilizado como fonte de alimento em certas partes do México e da África.

Além disso, é uma boa fonte de gorduras polinsaturadas saudáveis ​​e os antioxidantes C-ficocianina e beta-caroteno. Como suplemento, é elogiado por seu potencial antibacteriano, antioxidante , anti-inflamatório, imunológico e de redução de colesterol.

O que é a Spirulina e quais são os seus efeitos colaterais e os perigos

Embora a espirulina seja geralmente considerada segura, pode ter alguns efeitos colaterais e desvantagens – especialmente para pessoas com certas condições de saúde. A espirulina colhida na natureza representa um risco significativo de contaminação. As algas podem abrigar toxinas se crescerem em um corpo de água que é poluído com metais pesados, bactérias ou partículas nocivas chamadas microcistinas.

De fato, as microcistinas são produzidas por algas verde-azuladas como mecanismo de defesa contra predadores. Quando consumidos em grandes quantidades, são tóxicos para o fígado. Suplementos de algas contaminados com microcistina foram encontrados na Itália, América do Norte e China.

Como a spirulina estimula o sistema imunológico, ela pode piorar certas doenças autoimunes – como lúpus, esclerose múltipla e artrite reumatoide – nas quais o sistema imunológico ataca seu corpo. A spirulina reforça o sistema imunológico fortalecendo as células imunológicas chamadas de células natural killer (NK), que atacam ameaças percebidas em nível celular.

A spirulina tem um efeito anticoagulante, o que significa que pode diluir o seu sangue e aumentar o tempo necessário para o sangue coagular. A coagulação ajuda a evitar sangramento excessivo ou hematomas quando você está lesionado. Para aqueles que tomam anticoagulantes ou que tem distúrbios hemorrágicos, a espirulina pode ser perigosa, pois pode diminuir a capacidade do seu sangue de coagular, causando mais hematomas e sangramento.

O que é a Spirulina e quais são os seus efeitos colaterais e os perigos

A compra de marcas confiáveis ​​pode reduzir o risco de contaminação. No entanto, não há garantia de que os produtos da spirulina sejam 100% isentos de contaminação. Se você não tiver certeza se este suplemento é ideal para você, consulte o seu médico.