Somos todos pó de estrelas

Pode até parecer um papo meio filosófico, mas esta é uma verdade científica.

O organismo humano incorpora elementos químicos idênticos aos que compõem os astros (cálcio, carbono, nitrogênio, silicone). Antes mesmo dos astrofísicos chegarem à esta conclusão, muitos escritores e transcendentalistas intuíram que o corpo, a natureza e o cosmos estão interligados, não apenas porque a sua composição química é a mesma, mas também por existir uma interdependência entre todos os seres vivos e não vivos.

Eu, você e todas as outras pessoas desse planeta somos feitos de pó de estrelas. E isso não tem nada a ver com nosso Sol.




Criação dos elementos

atom-e1320758135698

Incialmente, grande parte da massa do Universo era composta de Hidrogênio, o elemento mais básico que temos. Só que para a vida e para a criação de planetas rochosos como a Terra, são necessários outros elementos mais pesados e quem faz esse trabalho são as estrelas.

Antes de o Sol existir, devia haver em nossa proximidade uma estrela gigante, que era praticamente composta só de Hidrogênio. E para ela funcionar e gerar calor é necessário que esse hidrogênio se funda para gerar novos elementos, que cada vez ficam mais pesados. (Para entender melhor leia: Como funciona o Sol?)




Supernova

Crab-Nebula-Supernova_1024x1024

Quando uma estrela gigante consome quase todo seu hidrogênio, ela começa fundir hélio, depois ela começar a fundir outros materiais mais pesados. Após um tempo, chega a um ponto que ela não aguenta mais aquilo e explode.

A explosão é tão grande que dura por muito tempo e se espalha por milhões e milhões de anos-luz, fazendo com que os mais diversos elementos sejam espalhados pelo espaço, até que a gravidade começa a fazer seu trabalho…




Criando planetas

Artist’s impression of the disc and gas streams around HD 142527

Depois da grande explosão, tudo que resta é uma nuvem de poeira gigantesca, Com o tempo (bilhões de anos) a gravidade vai juntando as coisas que estão flutuando no espaço e criando planetas, alguns maiores outros menores.

Por sorte nosso sistema formou uma estrela pequena (em termos astrológicos) que virou o centro de nosso sistema, que além de nos dar energia e luz, segura todos os planetas a sua volta.




Pó de estrela = vida

Space-Star-Dust (1)

Ainda não se sabe exatamente como a vida surgiu na Terra, pode ter sido a partir de reações químicas ocorridas aqui ou mesmo pode ter vindo de outros lugares trazida por meteoros. Mas o fato importante é que, queira ou não, todos os elementos que constituem nosso sistema vieram da explosão de uma estrela que havia por essas bandas antes.

No fim, nós, todos os animais, bactérias, pedras, ar, água, tudo que constitui nosso planeta é pó de estrela, surgido de uma super explosão que devastou esse pequeno canto do  Universo no passado, mas que também foi o passo para a criação de tudo que aqui existe atualmente, inclusive a vida.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Receba mais em seu e-mail
Topo