Minilua

Sinistras armas que se perderam no tempo

As armas são um dos artigos mais antigos do mundo, de simples “pedaços de pau” a armas com poderes incríveis, usando toda a tecnologia possível. Com o tempo algumas destas armas foram consideradas “extremas”, sendo aos poucos esquecidas.

Revólver de alta capacidade

Um invento de 1823, o Lefaucheux 20-Round, foi a primeira tentativa do homem de ter uma arma que fosse capaz de disparar mais de 6 vezes, antes da inveção da semiautomática.

Criada na França, esta arma tinha capacidade para 20 balas, “o tambor percorria um percurso elíptico a cada disparo, permitindo que os dois círculos de munição fossem usados alternadamente para fazer um disparo por vez”.

Fuzil com munição subaquática

“Usar uma arma que continua funcionando perfeitamente embaixo d’água”, esse também sempre foi um grande desafio.

Uma das grandes soluções criadas para este problema foi o “APS Underwater Assault Rifle”, uma arma criada na União Soviética.

Considerada uma “variação da AK-47”, essa arma tem projéteis parecidos com dardos, fazendo com que o fuzil seja capas de dar tiros fatais, mesmo em “uma distância de 30 metros e profundidade de 5 metros”.

 

Pistola de gaita

Esse design um tanto estranho foi trazido por Jonathan Browning (1834), mas ao contrário do parece, ela não é tão barulhenta. Essa arma tem a “capacidade de carga de um revolver comum, usando um carregador que se desloca horizontalmente à medida que os disparos são feitos”.

 

Pistola-cutelo

Logo no início do surgimento das armas, todo mundo queria inventar uma melhor dos que as anteriores, para isso misturavam partes de várias.

Em uma destas misturas surgiu o “Dumonthier B.S.G.D.G francês”, capacidade para seis tiros, além de possuir uma “faca tática forjada no cano”.

Glove Pistol

Esta é uma “pistola de luva”, uma arma utilizada em missões especiais, acoplada em cima de uma “luva pesada”.

“O disparo é feito através de um pino percursor logo ao lado do cano, permitindo que o usuário possa dar um golpe com o punho fechado diretamente contra peito do inimigo para acionar a espoleta”.

Arma “pé de pato”

Realmente beleza não era o mais importante, mas esta arma possui vários canos curtos, como se fosse realmente o “pé de um pato”.

Normalmente usadas por “carcereiros e capitães de navios”, pois poderiam ter que disparar várias vezes e, desta forma seria mais rápido. Existem modelos desta arma com até cinco canos.

Revolver Pepper-box

Há muito tempo atrás não havíam as conhecidas balas, e colocar pólvora levava muito tempo entre um disparo e outro.

A intenção desta arma, com um cano bem maior, era poder recarregar diversos tiros ao mesmo tempo.

 

Adaptado de tecmundo