Seitas mais estranhas da história: People Temple #2

Fundada em 1955 por Jim Jones, a People Temple foi uma organização que durante a década de 70, chegou a ter mais de doze unidades, além de sua sede que ficava em São Francisco, Califórnia. Seu maior feito é totalmente bizarro, visto que ela foi a responsável por causar a morte de 918 pessoas na noite de 18 de novembro de 1978 na Guiana, mais precisamente no Projeto Agrícola do Templo dos Povos, vulgarmente chamado de Jonestown.

Jonestown era uma cidade isolada do mundo, sua localização era literalmente em meio à floresta. No lugar, Jim Jones pretendia criar uma sociedade sem preconceitos e livre de todos os maus mundanos.

jim jones

Sua maior luta era contra a segregação racial, por isso, o fundador da People Temple incentivava os participantes da seita a adotar crianças de outras etnias e raças. Por isso, a instituição era chamada de Templo dos Povos.

Tudo corria bem, até que diversas denuncias foram lançadas contra Jim Jones, por isso o congressista Ryan e alguns jornalistas da BBC foram até Jonestown para saber realmente o que estava acontecendo e também para conhecer a realidade das pessoas que lá viviam.

Assim que chegaram a Jonestown, Ryan e sua comitiva foram recebidos com muita alegria. Isso fez com que os comentários a respeito da seita fossem os mais positivos possíveis.

No dia seguinte, Ryan se despediu e se preparava para ir embora, no entanto alguns membros da seita quiserem ir embora com o congressista, isso iniciou um clima de tensão na comunidade.

Jones aceitou a saída dos membros e os declarou traidores. À tarde, Ryan foi atingido por uma faca e teve de acelerar sua partida da comunidade. Assim que chegaram à pista, onde estava o avião, o congressista e sua comitiva foram mortos pela guarda que fazia a segurança de Jim Jones.

Assim que a notícia da morte de Ryan chegou ao conhecimento de Jim Jones, o mesmo pôs em prática o suicídio em massa de toda a comunidade de Jonestown. O impressionante é que essa ação já havia sido treinada anteriormente em reuniões chamadas de “Noite Branca”.

Todos os membros da comunidade foram induzidos e “obrigados” a tomar um composto líquido (cor e sabor de suco de uva) contendo cianeto de potássio e substâncias sedativas. As crianças muito pequenas receberam na boca ou por meio de seringas.

people temple

Com poucos minutos, mais de 918 pessoas estavam mortas, incluindo mais de 270 crianças e quatro que suicidaram no escritório da seita em Georgetown. Mais de 400 corpos não identificados foram sepultados em Oakland (Califórnia).

O ritual de suicido durou cerca de 5 minutos, alguns integrantes da seita conseguiram escapar da guarda e sumiram pela floresta. Jim Jones, fundador da seita, foi encontrado junto ao pavilhão principal da cidade, morto, com um tiro único na cabeça.

Atualmente, a seita não existe mais e a Jonestown foi transformada em refúgio para sobreviventes de guerras e conflitos.

Reaja! Comente!
    Topo