Seitas mais estranhas da história: Aum Shinrykio #3

Dando continuidade à série “Seitas mais estranhas da história”, hoje falo sobre a Aum Shinrikyo, uma organização terrorista que não possui muitas informações a cerca dela, mas que foi responsável por um dos maiores ataques públicos de todos os tempos.

A Aum Shinrikyo foi criada por Shoko Asahara, um revolucionário radical que pregava o fim do mundo por meio de um Armagedom nuclear, onde somente os membros da seita se salvariam dessa catástrofe terrível.

aum shunrykio

Criada em 1984, a Aum Shinrikyo é bastante famosa por um acontecimento extremamente negativo. Em 1995, a seita ou grupo terrorista, lançou gás sarin no metrô de Tóquio. A confusão e desespero foram de grande proporção.

O resultado desse atentado foi a morte de 12 pessoas e as lesões causadas a mais de 5 mil pessoas. De todas essas vítimas, mais de mil pessoas ficaram com sequelas, tais como cegueira e sérios problemas em sua locomoção.

Não existe um conceito definido sobre a Aum Shinrikyo, no entanto acredita-se que se trata de uma seita criada por meio da mistura de diversos aspectos destrutivos das mais diferentes religiões.

JAPAN-SECT-ASAHARA-FILE

Em algum momento de maior idolatria, diversos membros da seita passaram a acreditar que poderiam desenvolver super-poderes, outros iam mais além e achavam poder lutar contra o materialismo japonês.

Shoko Asahara foi condenado à morte em 2006, atualmente está aguardando sua execução. Meses antes do atentado no metrô de Tóquio, o criador da Aum Shinrikyo disse a seguinte frase: “Vamos provocar um desastre que vai fazer o terremoto de Kobe parecer tão suave quanto uma mosca pousando”.

Receba mais em seu e-mail
Topo