Salário Família 2019 – saiba quem tem direito, o valor e como se cadastrar!

ANÚNCIO

O Governo Federal, através da Previdência Social, criou um programa chamado Salário Família, que tem como objetivo auxiliar financeiramente famílias que não conseguem garantir o próprio sustento, mesmo trabalhando.

O programa possibilita o cadastro gratuito e ajuda financeira se torna importante para muitas famílias aumentarem o orçamento financeiro. Neste conteúdo você vai ver quem tem direito ao Salário Família e como se inscrever.

ANÚNCIO
Salário Família 2019 – saiba quem tem direito, o valor e como se cadastrar!

Quem tem direito?

Como o próprio nome sugere, este benefício é destinado para famílias com empregados, profissional doméstico, trabalhador avulso ou aposentado, desde que esse dinheiro seja empregado para a manutenção de filhos, enteados ou tutelados.

Porém, existem alguns requisitos que devem ser respeitados para conseguir adquirir direito ao benefício.

Os requisitos

As crianças que estão inseridas no grupo familiar não podem ultrapassar os 14 anos. Salvo caso, se houver alguma pessoa inválida – aí não há limite de idade.

ANÚNCIO

A remuneração do grupo precisa entrar em 2 faixas. A primeira busca auxiliar famílias mais carentes, então estas podem somar até R$ 907,77mensais.

Este benefício pode ser solicitado pela segunda faixa, que deve receber de R$ 907,78 a R$ 1.364,43.

Aqueles que forem aposentados por idade (65 anos ou mais para o público masculino e 60 anos destinado as mulheres) ou invalidez receberão o salário junto com a aposentadoria no INSS.

Quando os pais forem segurados empregados ou trabalhadores avulsos, os 2 poder receber o salário, todavia, se estiverem separados, apenas quem tiver a guarda do filho mais novo poderá ser abonado.

Qual o valor do Salário Família?

A quantia a ser embolsada pelos beneficiários é estipulada por estudos do governo anualmente.

Ela atende suas faixas de valores. Os grupos que recebem até 907,77 recebem um valor de R$ 46,54 por filho.

Já a segunda alguma camada, que abrange quem ganha de R$ 907,78 a R$ 1.364,43, tem direito a uma cota um pouco menor: R$ 32,80.

Como se inscrever no Salário Família?

O interessado pelo benefício que se enquadre nas características já apresentadas deve ser dirigir até uma agência do INSS e levar consigo documentos oficiais e copias.

Se você não sabe onde fica a unidade do INSS mais perto de você ou se quer tirar alguma dúvida, também pode ligar gratuitamente no 135.

É exigido levar um documento com foto, CPF, certidão de nascimento de todos os dependentes, alguma comprovação escolar da presença dos pequenos de 7 a 14 anos, cartão de vacinação dos menores de 6 anos.

Além do termo de responsabilidade e um requerimento do Salário Família.

No caso de dependentes que sejam declarados inválidos, eles devem passar por uma perícia médica do INSS.

O profissional que atender ao pedido fará uma acareação de toda a documentação apresentada e se tudo estiver de acordo, em pouco tempo, o benefício já será liberado.

Não perca o benefício!

Após tudo regulamentado não pense que é só receber o dinheiro e tá tudo certo! Alguns cuidados devem ser tomados.

A apresentação do cartão de vacinação para as crianças com até 6 anos deve ser feito na Previdência Social todo mês de novembro.

Nos meses de maio e novembro, o comprovante de frequência escolar dos dependentes que estudam também precisa ser levado até o órgão responsável.

Tem alguns casos específicos que o benefício será cortado e a situação não pode ser revertida, que é o caso de alguma dependente completar 15 anos, morrer ou alcance a recuperação de um caso de invalidez.

ANÚNCIO