Festas de fim de ano – 5 dicas para não errar na roupa da confraternização do trabalho

ANÚNCIO

Existe uma grande procura por respostas para perguntas que tenham a ver com a “roupa da confraternização do trabalho” no Google. Porque quando o assunto é trabalho e festa ao mesmo tempo, muita gente não quer errar – e nem deveria.

Assim sendo, independente de quanto tempo ainda falta para que essa festa de confraternização aconteça, saiba que algumas dicas valem a pena ser ouvidas e estudadas desde já.

ANÚNCIO

Até mesmo porque: você sabe como se vestir nesta ocasião tão especial, comemorativa e importante da sua companhia? Inicialmente, antes mesmo de começarmos, saiba que o erro mais comum dos convidados é achar que como é festa dá para ir de qualquer jeito.

Só que mesmo que o ambiente não seja de trabalho, propriamente dito, considere que há sérios problemas, inclusive de etiqueta, se você não souber como se vestir, no mínimo, adequadamente.

Dicas para você não errar nas festas de final de ano!

Entretanto, isso tudo não quer dizer que ir bem arrumado para a festa da firma seja algo tão complicado assim, né. O mais importante é entender que aquela ocasião não precisa ser para fechar um negócio, mas, ainda assim, estar bem apresentado é o ideal.

ANÚNCIO

Especialmente se entre os convidados estão as pessoas com as quais você se relaciona no meio business – seja um colega de trabalho, um chefe, gerente, o dono da empresa, etc.

Outro erro comum do empreendedor é achar que aquele happy hour estendido de fim de ano, que é considerado informal, não afetará a imagem da empresa. Por isso, a maioria acaba não se preocupando com o que vestir. Mas, chega de erros e vamos às dicas que importam.

1 – O clima

É claro que o clima importa. E não estamos falando clima entre funcionários, entre chefes, entre a diretoria, não. É o clima da temperatura mesmo, viu.

Aliás, essa é uma dica geral, para toda e qualquer festa. “Antes de nos arrumarmos para qualquer festa, seja ela empresarial ou pessoal, vale dar uma olhadinha na previsão do tempo”, diz Amanda Salomão, que é consultora de moda.

Ela conta que essa é uma primeira dica para começarmos a considerar o que temos disponíveis no nosso guarda-roupas. O resultado é o seguinte: se for calor demais, opte pelos tecidos leves, como algodão ou seda, por exemplo. Mas, nada de roupas curtas e decotadas, hein.

2 – O dresscode

O dresscode é o nome bonito para falar sobre “o traje da festa”. Se você nunca foi na festa da firma e não sabe bem como é isso, considere que bater um papo com quem está organizando ou com os colegas de trabalho é um bom começo.

Assim, a outra das dicas para não falhar na hora de escolher a roupa da confraternização do trabalho é conseguir ter informações técnicas sobre o tipo de traje indicado, que pode ser super formal ou mais descolado, por exemplo.

3 – O exagero

O exagero não vai ser bom, nunca. Nem para mais e nem para menos. Veja o que a Amanda comenta sobre isso: “para as ocasiões mais casuais você deve ficar de olho no comprimento de saias, vestidos e decotes e o salto não é obrigatório”.

Porém, se for uma reunião durante a noite e com uma pegada mais formal, então, a indicação dela está nos “vestidos tubinhos”, nas “calças pantalonas” e até mesmo nos “macacões”. E ela ainda avalia que o salto continua não sendo obrigatório.

4 – O horário

A próxima dica dela é considerar também o horário do evento, “o que é também é muito importante para saber como se vestir”.

Ela diz que a primeira dica, nesse caso, é saber que em hipótese alguma e por nenhum motivo você se deve atrasar porque essa é uma regra de etiqueta para toda situação. Depois, ela ainda avalia que cada horário vai indicar um tipo de vestimenta.

De manhã ou à tarde – “as peças de cores claras, mais leves e com caimento fluido são bem-vindas e uma maquiagem mais delicada e com aspecto natural, combina melhor”.

De noite – “você pode ousar um pouco mais nas cores, nos acessórios, no brilho das peças e escolher por uma make com mais tons escuros”.

5 – O bábsico

Agora, para fechar esse conteúdo sobre as dicas e os comentários da especialista que tem a ver com a roupa da confraternização do trabalho, saiba que o “básico” nunca falha. Inclusive, é a própria Amanda que diz isso.

“Sou fã dos básicos. Porém, não podemos deixar de aparecer, vale usar aquela camisa bonita ou o pretinho básico somado a um acessório com um pouco mais de informação de moda”.

Ela ainda comenta que o evento, qualquer que seja, vai ligar à sua imagem com a imagem da empresa. Por isso, se você usar peças ousadas demais poderá mostrar uma imagem sensual e isso, invariavelmente, pode não ser bom para você. Além de não ser nada confortável.

roupa da confraternização do trabalho

“Gosto sempre de reforçar que não é porque a festa de confraternização irá acontecer após às 18h que os modelos mais justos e decotados estão liberados”.

Bônus – contratação home office

Como mencionamos aqui as empresas, saiba que recentemente tivemos um grande sucesso em uma publicação que fala sobre a contratação home office. Existem grandes empresas que estão contratando pessoas que querem trabalhar de casa, você sabia?

Entre elas, temos: Magazine Luiza, Natura, Americanas, Crazy Egg, Amazon e até uma companhia aérea. Saiba tudo!

ANÚNCIO