15 rituais incrivelmente bizarros feitos ao redor do mundo

Alguma vez você já se perguntou que tipo de rituais bizarros existem no mundo? Acredite ou não, há muitos por aí. Através da religião ou tradição, os rituais foram transmitidos por milhares de anos e, por causa de sua natureza antiga, muitos podem ser perigosos e perturbadores.

Apesar do dano que causam a si mesmos ou aos outros, as pessoas continuam fazendo essas coisas. Esteja avisado, alguns desses rituais não são para os fracos de coração, com isso dito, aqui estão 15 rituais incrivelmente bizarros feitos ao redor do mundo.

15 Caminhar sobre carvão em brasa

brasas

Na China, esse ritual obriga um marido a carregar sua esposa grávida sobre o carvão em brasa com nada além de seus pés descalços. Acredita-se que esse ato permitirá que ela tenha uma gravidez bem-sucedida.

14 A dança do sol

dança do sol

A Dança do Sol é um ritual nativo americano longo e complicado, realizado principalmente pelas pessoas da planície. O ritual envolve muita oração e jejum, seguido por jovens guerreiros dilacerando a pele e dançando até desmaiarem. Acredita-se que isso serve para honrar o sol e também testar a resistência dos jovens guerreiros. Muitas tribos nativas americanas ainda praticam esse ritual nos dias de hoje.

13 Vivendo com os mortos

trojo

Por eras, toda cultura teve seus próprios rituais funerários. Mas o povo Torajan da Indonésia faz outra coisa; eles mantêm os cadáveres do falecido para viver em casa com eles por anos. Eles lavam e trocam os cadáveres diariamente e até lhes dão uma tigela que funciona como banheiro. Seus corpos são injetados com formulina para parar de se decompor.

12 Mergulho Terrestre

mergulho terrestre

Outro ritual de passagem estranho e perigoso pode ser encontrado na Ilha de Pentecostes, na aldeia de Loltafala. Um garoto amarra uma corda no tornozelo e pula de uma torre de madeira de cerca de 25 metros de altura. Mas isso não é bungee jumping. Geralmente, os meninos atingem o solo abaixo e, embora poucos tenham morrido, muitos tiveram ruptura de baço ou outros danos internos.

11 Enterro do céu

enterro do céu

No Tibete, o enterro no céu é o ato de arrastar um corpo morto por uma montanha, cortá-lo em pedaços e deixá-lo para os animais. Normalmente, eles são comidos por abutres. Para os budistas de lá, uma vez que você está morto, seu corpo é uma concha vazia e dá-lo a outras criaturas vivas é um ato de bondade.

10 Famadihana

famadihana

Em Madagascar, a tribo Merina exuma seus parentes mortos e dança com seus cadáveres. É parte de uma cerimônia chamada “Famadihana”, ou o giro dos ossos sagrados. Eles acreditam que seus ancestrais servem como intermediários entre os vivos e o Deus.

9 Auto-flagelação

ashura

Ashura é um dia muçulmano de jejum e comemorações diferentes para os muçulmanos sunitas e xiitas. No entanto, os muçulmanos xiitas realizam atos horríveis de autoflagelação como sinal de luto. Alguns usam chicotes, correntes ou usam espadas para bater na cabeça.

8 O culto dos crocodilos

Tambunum_village

Em Papua Nova Guiné, como parte de um rito de passagem, um menino vai para uma cabana e sua pele é toda cortada e cicatrizada para parecer um crocodilo. O ritual simbolizando um menino sendo comido por um crocodilo faz parte da passagem para à vida adulta.

7 Cabanas de amor cambojano

kreung

No Camboja, uma tribo chamada Kreung faz algo que a maioria dos pais americanos provavelmente teriam um ataque cardíaco. Quando as meninas chegam à puberdade por volta dos treze a quinze anos, o pai sai e constrói uma cabana especificamente para a garota fazer sexo casual com os meninos.

6 Banimento do banheiro aos recém-casados

Minangkabau

Em Bornéu, a tribo Tidong segue um rigoroso costume de casamento antigo que proíbe que os recém-casados ​​usem o banheiro por três dias e três noites. Eles são observados de perto durante esse período e acreditam que isso lhes dará boa sorte para o resto da vida.

5 Farinha jamaicana de aniversário

farinha

Nos Estados Unidos, os aniversários geralmente envolvem bolo, sorvete e cantar uma música muito ruim, mas na Jamaica eles jogam farinha no aniversariante ou na menina. A lenda diz que isso começou como uma brincadeira de aniversário, mas se tornou uma tradição popular ao longo do tempo.

4 La Tomatina

La Tomatina

Na cidade espanhola de Bunol, uma batalha épica é travada a cada ano chamada La Tomatina. Milhares se reúnem para atirar tomates uns aos outros. É a maior luta de tomate do mundo e vem acontecendo há 72 anos.

3 Saltando sobre bebês na Espanha

Colacho

Na Espanha, no festival de El Colacho, homens vestidos de vermelho e amarelo, como demônios, percorrem as ruas insultando e açoitando as pessoas. Durante isso, os recém-nascidos são colocados em colchões nas ruas, enquanto esses homens vestidos de demônios saltam sobre eles. Acredita-se que isso já foi uma cerimônia de fertilidade que se misturou com o cristianismo para simbolizar o triunfo sobre o mal.

2 Comendo Cães para uma Boa Sorte

Dog_meat_hotpot

Durante o Festival de Yulin na China, as pessoas comem carne de cachorro para dar boa sorte e saúde, de acordo com a superstição chinesa. Eles também acreditam que comer carne de cachorro aumenta a temperatura do corpo. Em 2009, o festival provocou uma onda de protestos, indignação da mídia social e preocupações com os direitos dos animais.

1 Arquivamento de Dente Humano

arqueamento de dente

Em Bali, a fim de livrar os seres humanos de suas características animalescas, um sacerdote hindu arquivava os dentes das pessoas, especialmente as presas. É um ritual de passagem da infância para a idade adulta e é pensado somente para suavizar as partes selvagens da alma.