PROPAGANDA
PROPAGANDA

Revoltante! Zoológico corta as garras de uma leoa só para as crianças brincarem com ela

PROPAGANDA

PROPAGANDA

Os seres humanos são os piores inimigos do reino animal e a coisa mais triste é que, em muitas ocasiões, prejudicam espécies exclusivamente para a nossa diversão, como no caso de FALESTINE, uma leoa que foi retirada as garras para que ela pudesse brincar com crianças que se aproximam dela.

Isso aconteceu há cerca de duas semanas no Zoológico de Rafah, na Faixa de Gaza, onde esse animal vive em companhia de outras 49 pessoas. De acordo com um porta-voz do zoológico, a leoa foi amputada para “oferecer uma experiência interativa com o animal”.

garras amputadas leoa

Na ausência de hospitais veterinários especializados nesta área, a operação foi realizada nas instalações do zoológico, pelo veterinário Feyez al-Hadded, que foi entrevistado e disse que ele tinha todos os meios para realizar a operação sanitária e que a leoa não terá consequências negativas como resultado disso.

No entanto, associações para os direitos dos animais, como a Quatro Patas, considere o contrário, em primeiro lugar, porque a operação não foi realizada em um lugar seguro, talvez FALESTINE está sofrendo de infecções de feridas e que estas nunca vão curar; e em segundo lugar porque o fato de cortar as garras de um leão é um ato deplorável, pois isso equivale a amputar os dedos para um ser humano. No longo prazo isso terá consequências, porque o animal precisa de suas garras para pegar comida e subir em árvores.

garras amputadas leoa

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.