Os recordes mais terríveis da história

Toda a pessoa que busca bater algum recorde mundial, está sempre tentando ganhar reconhecimento por suas habilidade ou desejando apenas aparecer na mídia. Mas, sem querer, as pessoas acabam batendo os mais terríveis e macabros recordes do mundo:




O “melhor” incendiário do mundo

Bombeiros-e-equipes-de-emergência-enfrentam-incêndio-em-trem-cargueiro-nesta-quarta-feira-próximo-a-Posdino-na-região-de-Kirov-na-Rússia

Kim Dae Han era um sul coreano de meia idade, sem emprego ou algumas perspectiva de vida. Vendo sua existência se arrastar para o nada em uma vida sem muitas coisas interessantes acontecendo, ele decidiu por fim a vida de algumas pessoas.

Em 2003, ele foi até um posto de gasolina e comprou alguns litros do combustível. Depois disso, Kim pegou um trem e quando ele parou, o coreano jogou a gasolina nas pessoas e tocou fogo em tudo. Em poucos minuto, o fogo tinha atingido os bancos estofados, liberando fumaça tóxica, que matou 125 pessoas.

No meio do desespero, o condutor do trem, acabou fechando as portas, o que gerou ainda mais mortes. Ao final do dia, Kim, aquele homem sem graça, havia colocado em seu currículo a seguinte experiência: “Mais eficiente incendiário do mundo.” Afinal, sua aventura tirou a vida de 198 pessoas… Tudo isso com um litro de gasolina.




Mais jovem assassino condenado

LugoMexicanTeenAssassin

O México tem muitas semelhanças com o Brasil no quesito violência. Por lá, assim como aqui, muitos jovens fazem parte de grupo de traficantes. Mas lá, esse ramo é gigantesco, pois alimenta todos os EUA, o que gera muito interesse em um trabalho no tráfico, mesmo sendo ilegal.

Um dos casos mais famosos do mundo das drogas envolve um adolescente chamado Edgar Jimenez Lugo, que foi a pessoa mais jovem a ser condenada por múltiplos assassinatos como se fosse um adulto. Em 2009, Edgar foi preso por decapitar quatro pessoas e pendurar seus corpos em uma ponte. Com a prisão e os interrogatórios, foi descoberto que ele cometia crimes desde o 11 anos de idade. Para completar esse horror, diversas fotos de vítimas, vivas e mortas, foram encontradas no celular do menino.

Assim, aos 14 anos de idade, Edgar foi condenado por múltiplos assassinatos e entrou para o livro dos recordes.




O suicídio mais fatal da história

egyptair-737-800

Gamil el-Batouty era um piloto da EgyptAir, mas ele começou a causar alguns problemas para companhia, principalmente por causa de suas aventuras sexuais, o que incluía assédio sexual de funcionárias, perseguição de mulheres e uso de prostitutas menores de idade. Todos esses problemas fizeram com que a empresa decidisse demiti-lo, mas o aviso de que seria mandado embora veio quando o piloto ainda possuía alguns voos marcados…

Sabendo pela desonra e vergonha que passaria, além de raiva que estava nutrindo pela empresa, Gamil resolveu se matar para solucionar os problemas. Só que ele, em vez de dar um tiro na cabeça ou tomar um veneno, preferiu jogar o avião no oceano e o maior problema é que ele estava cheio de pessoas!

Após cortar o combustível, Gamil colocou o bico da aeronave para baixo e se espatifou no oceano, matando 217 pessoas, no que é o suicídio mais mortal de todos os tempos… Claro que, sem levar em conta ataques terroristas.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo