Quem precisa de curativos, quando temos lasers?

Nós somos seres extremamente frágeis, qualquer tombo ou batida nos destrói, e para abrir um rasgo na pele basta um pequeno descuido. Por isso centenas de remédios para nos curar foram criados, passando pelos clássicos como mertiolate e indo até alguns mais modernos, mas agora a coisa foi levada a um novo nível.




Um pequeno machucado e um grande problema

article-2322058-19B35FF0000005DC-886_634x717

Quando nos cortamos temos que ir ao médico para que ele, literalmente, nos costure, algo que é feito para ajudar no fechamento do local e também para a importante tarefa de evitar uma infecção, que pode deixar as coisas bem piores.

Só que tal procedimento não é perfeito e muitos vezes até mesmo incomoda, causa problemas e complicações, mas o futuro chegou e uma solução muito melhor está surgindo.




Vamos soldar aquele humano!

article-2322058-19B35FE8000005DC-94_634x430

Todo mundo já deve ter visto, em algum filme de ficção, uma pessoa que se machucou sendo “soldada” por uma máquina… E parece que agora essa ficção maluca está virando realidade.

Os cientistas do American Chemical Society, há algum tempo trabalham em uma máquina muito engenhosa, que usa lasers e um composto com ouro para soldar tecidos orgânicos, deixando de lado a velha agulha e os pontos.

A nova tecnologia, que foi testada com um incrível sucesso em intestinos de porcos, consegue soldar o rasgo na pele ou outra parte da pessoa, fechando completamente o local e sem aquele incomodo das linhas, pois a solda é flexível e fecha tão bem o local que é praticamente impossível surgir uma infecção dali.

Imagine, daqui há alguns anos, quando você se machucar, vai ir ao hospital e em vez de levar uns pontos, vai ser soldado por uma máquina… O futuro chegou!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Receba mais em seu e-mail
Topo