O que é a quercetina? Quais seus benefícios para saúde?

A quercetina é um pigmento natural presente em muitas frutas, vegetais e grãos. É um dos antioxidantes mais abundantes na dieta e desempenha um papel importante em ajudar seu corpo a combater os danos dos radicais livres, que está ligado a doenças crônicas. Além disso, suas propriedades antioxidantes podem ajudar a reduzir a inflamação, os sintomas de alergia e a pressão sangüínea.

O que é a quercetina? Quais seus benefícios para saúde?

A quercetina é um pigmento que pertence a um grupo de compostos vegetais chamados flavonóides, e eles estão presentes em vegetais, frutas, grãos, chá e vinho. Eles tem sido associados a vários benefícios para a saúde, incluindo a redução dos riscos de doenças cardíacas, câncer e doenças degenerativas do cérebro.

Os efeitos benéficos dos flavonóides, como a quercetina, vêm da sua capacidade de funcionar como antioxidantes dentro do corpo. Antioxidantes são compostos que podem se ligar e neutralizar os radicais livres. Os radicais livres são moléculas instáveis ​​que podem causar danos celulares quando seus níveis se tornam muito altos. Os danos causados ​​pelos radicais livres têm sido associados a inúmeras condições crônicas, incluindo câncer, doenças cardíacas e diabetes.

O que é a quercetina? Quais seus benefícios para saúde?

A quercetina é o flavonóide mais abundante na dieta. Estima-se que a pessoa média consome de 10 a 100 mg diariamente por meio de várias fontes alimentares. Os alimentos que geralmente contêm quercetina incluem cebola, maçã, uva, frutas vermelhas, brócolis, frutas cítricas, cerejas , chá e alcaparras. Também está disponível como suplemento dietético em pó e cápsula. As pessoas tomam este suplemento por várias razões, inclusive para aumentar a imunidade, combater a inflamação, combater alergias, ajudar no desempenho de exercícios e manter a saúde geral.

Você pode comprar a quercetina como um suplemento dietético online e em lojas de alimentos saudáveis. Está disponível em várias formas, incluindo cápsulas e pós. As doses típicas variam de 500 a 1.000 mg por dia. Por si só, a quercetina tem uma baixa biodisponibilidade, o que significa que o seu corpo absorve-o mal. É por isso que os suplementos podem incluir outros compostos, como a vitamina C ou enzimas digestivas como a bromelaína, pois podem aumentar a absorção. Além disso, algumas pesquisas indicam que a quercetina tem um efeito sinérgico quando combinada com outros suplementos de flavonóides, como o resveratrol, genisteína e catequinas.

A quercetina parece ser geralmente segura, com pouco ou nenhum efeito colateral. No entanto, ele pode interagir com vários medicamentos e pode ser inadequado para mulheres grávidas e lactantes, então fale com seu médico antes de usá-la.