Quanta água seria necessária para apagar o Sol?

Com a linha do Equador solar medindo 109 vezes mais do que a do Planeta Terra, o primeiro pensamento que vem à cabeça é: “Muita, muita, muita água”. Mas, na verdade, a resposta é um pouco mais surpreendente do que isso:




O “fogo” do Sol

Giant_prominence_on_the_sun_erupted

Apesar de brilhar e gerar calor, o Sol não está exatamente pegando fogo. Quando colocamos fogo em alguma coisa, o que acontece é um processo que acelera a oxidação desse material, liberando luz, calor e gases. Esse processo, conhecido em todo o mundo, se baseia em três pilares: combustível, comburente e calor.

O combustível é a substância queimada de fato, podendo ser desde madeira até gasolina. Qualquer coisa que “pegue” fogo serve como combustível. O comburente mais comum por aqui é o oxigênio. Essa substância ajuda a intensificar a reação, permitindo que ela continue se propagando. Por isso, quando colocamos um copo de vidro em cima de uma vela, vemos a mesma apagar. Isso ocorre porque o comburente (oxigênio) dentro do copo é completamente consumido e sem ele, o fogo simplesmente não consegue sobreviver. Por último, e não menos importante, temos o calor. O calor é o que inicia o fogo e também o mantém. Dependendo da substância a ser queimada, o calor inicial necessário pode variar, indo de poucos graus a milhares.

Unindo esses três elementos ao mesmo tempo e na quantidade necessária, o fogo é uma poderosa arma, que serve para nos aquecer ou mesmo para nos matar. O fogo é utilizado pela humanidade para dois propósitos bem claros: gerar luz e calor. Isso é exatamente o que o Sol faz, mas ao contrário do que você pode estar pensando, não temos fogo por lá.




Mais quente que o fogo

6937978-grim-reaper-fire

Então, se pegássemos toda a água do Planeta Terra e despejássemos com um balde gigante, tudo de uma vez em cima do Sol, o que realmente aconteceria? Em vez de diminuir o calorão, a água, na verdade, aumentaria o poder do Sol, criando um astro ainda mais quente e brilhante.

Apesar de ter as características de algo pegando fogo, o Sol brilha e gera calor devido a reações nucleares. Basicamente, ele pega átomos de hidrogênio e os esmaga, criando átomos mais pesados. Essa união de dois átomos, faz com que um novo seja criado, mas como o novo não tem exatamente o mesmo peso que seria a soma de seus dois criadores, uma pequena parte dele vira energia pura, usando aquela velha conta:

thumb

Por isso, se jogássemos água no Sol, em vez de esfriarmos o mesmo, como ocorreria no fogo na Terra, nós estaríamos acendendo ainda mais o Sol.

A água nada mais é que a junção de dois átomos de hidrogênio com um de oxigênio. Então, como o principal combustível do Sol é hidrogênio, se colocássemos água nele, em vez de esfriarmos, estaríamos aumentando seu calor, pois ele teria mais massa para gerar mais pressão e por sua vez liberaria ainda mais calor.

Já diziam os cientistas: Nem tudo que emite luz e calor é fogo.

Reaja! Comente!
    Topo