Você sabe quando vai sair o décimo terceiro do Bolsa Família? Veja o calendário

Muita gente quer saber como sacar o décimo terceiro salário do Bolsa Família, que é o maior programa social do Brasil. No entanto, ainda não se tem informações sobre quando vai sair o décimo terceiro do Bolsa Família. O motivo é simples: nada está decidido.

Por isso, ao que tudo indica, o pagamento vai começar a ser feito a partir do dia 10 de dezembro. Mas, para entender todo contexto, a gente tem que avaliar as medidas, o calendário atual do programa e até mesmo as especulações. Vamos fazer isso agora mesmo.

Ah, só por curiosidade, considere que o décimo terceiro do Bolsa Família é uma espécie de abono de Natal que corresponde ao valor de 2 vezes do valor original da parcela que a família recebe. Ele é pago em uma única vez no mês de dezembro. Porém, para esse ano, muita coisa pode mudar.

A decisão sobre o pagamento

A primeira coisa é saber de quem é a decisão sobre o pagamento desse abono natalino. Considere que especuladores dizem que o atual presidente do país, Jair Bolsonaro, pode não pagar o benefício aos cadastrados no programa nesse ano.

O motivo dessa recusa seria o fato de que os beneficiários do programa receberam o Auxílio Emergencial, que tem um valor superior ao valor médio mensal. Assim, para alguns analistas isso seria algo como um “14º salário” e “15º salário”.

Se a gente avaliar o pagamento do auxílio, vamos ver que foram, ao menos, 5 pagamentos de R$ 600. Logo, é um valor acima do pagamento do Bolsa Família. Nesse caso, entra outra questão: quem recebeu o auxílio vai receber o abono também? Ninguém sabe.

O que importa é saber que quem tem o poder de tomar a decisão é o presidente Bolsonaro. Para assessores dele, o pagamento não está em debate. Ao mesmo tempo, ninguém consegue afirmar se há algo definido sobre a decisão do benefício.

O calendário do décimo terceiro do Bolsa Família

Mas, como a nossa ideia é responder sobre quando vai sair o décimo terceiro do Bolsa Família, então, vamos supor que o pagamento será feito, ok? Sendo assim, a gente pode considerar o calendário de pagamentos do NIS (Número de Inscrição Social).

Logo, ele tem a ver com o número final da inscrição no Bolsa Família que a pessoa tem. O final 1, por exemplo, vai receber no dia 10 de dezembro. Enquanto que o final 0 receberá apenas em 23 de dezembro. A gente trouxe o calendário todo aqui, abaixo.

Considere que o número inicial se refere ao último número da inscrição. Depois, a data é o primeiro dia do pagamento para aquele beneficiário. Abaixo fica mais fácil entender. Leia.

  • 1 recebe no dia 10 de dezembro
  • 2 recebe no dia 11 de dezembro
  • 3 recebe no dia 14 de dezembro
  • 4 recebe no dia 15 de dezembro
  • 5 recebe no dia 16 de dezembro
  • 6 recebe no dia 17 de dezembro
  • 7 recebe no dia 18 de dezembro
  • 8 recebe no dia 21 de dezembro
  • 9 recebe no dia 22 de dezembro
  • 0 recebe no dia 23 de dezembro

Mas, é super importante entender que não basta estar cadastrado no programa para receber o benefício. Logo, a principal regra é: estar com os dados em dia. Depois, ainda temos: ter recebido as 5 últimas parcelas do programa.

Qual é o valor do décimo terceiro salário do Bolsa Família

De modo geral, como falamos lá no começo do texto, é comum que o pagamento desse abono natalino seja composto pelo valor de 2 vezes o valor de uma parcela comum que o beneficiário recebe. Logo, se a família recebe R$ 80, o abono seria de R$ 160, por exemplo.

No entanto, como não se tem certeza sobre o pagamento do décimo terceiro salário, então, ainda não se tem clareza desses valores. Aliás, enquanto muita gente acredita que o pagamento pode não acontecer, outras acreditam que pode vir em valores mais altos.

Assim, seria como se o abono viesse somado junto com mais uma parcela do auxílio emergencial ou que esse auxílio substituísse o abono. De qualquer modo, não se tem certeza sobre essas especulações.

Como receber o pagamento do abono

Também considerando que o pagamento será feito, independente de quando vai sair o décimo terceiro do Bolsa Família, saiba que se tem algo que não deve mudar é a forma de recebimento dos recursos.

Tradicionalmente, isso é feito através das agências da Caixa Econômica Federal, com o uso do Cartão do Bolsa Família ou até mesmo com o uso do Cartão Cidadão. De todo modo, como boa parte do país ainda está em medidas de isolamento, nós podemos ter mudanças.

Da mesma forma que o Auxílio Emergencial foi pago para muita gente de forma eletrônica, através de um aplicativo, também podemos imaginar que essa é uma possibilidade. No entanto, especialistas acreditam que não haverá alterações no modo mais tradicional.

Onde buscar as informações atualizadas sobre o pagamento

Foto: (reprodução/internet)

E para fechar a matéria, nós vamos deixar aqui 2 possibilidades para quem está interessado em saber sobre a aprovação ou não do pagamento desse abono. Aliás, saiba que todos os canais de comunicação informam sobre isso.

De todo modo, se você busca canais oficiais, considere que o da Caixa é o primeiro deles. Afinal, esse é o banco que faz o pagamento dos recursos aos beneficiários. Sem contar que a Caixa tem uma página que é focada no programa. E você pode ver ela aqui.

A próxima opção é baixar o aplicativo do Bolsa Família. Nesse caso, você poderá ter acesso a várias informações sobre o programa, também de forma oficial. O app é gratuito e pode ser baixado em praticamente todos os celulares.