Minilua

Quais as chances de um meteoro cair na Terra? #1

Não se preocupe, pois ainda não há nenhuma notícia de que um grande asteroide esteja vindo para cá com a intenção de acabar com a vida na Terra. Mas como se sabe, nosso planeta não é nenhum iniciante em receber “pedradas cósmicas”. Então, quais seriam as chances de isso acontecer de novo?

Muito e pouco tempo

Todo conhecimento da humanidade lhe deu a capacidade de prever coisas, baseando-se em eventos passados. Sendo assim nós sabemos que a cada 100 milhões de anos (em média), ocorre uma grande catástrofe causada por meteoros enormes, como a que aconteceu com os dinossauros. Felizmente desde aquela época até agora se passaram apenas 65,5 milhões de anos, assim ainda estamos dentro da expectativa.

Só que existe um problema. Uma pedra bem menor do que a que matou os Tiranossauros e sua turma pode fazer um estrago enorme. Segundo os especialista da NASA, um asteroide com pouco mais de 2 Km é capaz de gerar um impacto na casa do milhão de megatons, o que destruiria uma área enorme. E aí vem o problema: Em média, a cada um milhão de anos, um desses desastres ocorre. Ou seja, podemos estar ficando sem tempo.

O assassino de 2 Km

Se hoje um meteoro desse tamanho estivesse vindo em direção ao planeta Terra, provavelmente nós não poderíamos fazer nada… Isso mesmo, toda nossa tecnologia atual pode não ser o bastante para desviarmos uma pedra dessas. Claro que algo pode ser tentado, mas a garantia de sucesso não existe.

E se ele atingisse em cheio nosso planeta (em um ângulo reto e com alta velocidade), além de devastar uma área com dezenas de quilômetros, tal evento poderia criar um inverno que duraria anos, enchendo a atmosfera de poeira e simplesmente exterminando boa parte da humanidade devido à fome e frio. Tal acontecimento faria com que voltássemos a viver na época das cavernas.

O lado bom

Tudo poderia ser muito pior, mas a nossa atmosfera densa faz com que meteoros de até 40 metros sejam incinerados antes de causar dano a superfície do planeta. Além disso, outras pedras pouco maiores perdem muita potência, fazendo com que muitas delas nem sejam notadas.

Segundo a NASA, todo “santo dia” milhares de pequenos meteoros, menores que um grão de arroz, nos acertam. Algumas vezes eles chegam a ter quase do tamanho de uma bola de futebol. Quase toda semana uma pedra do tamanho de um carro chega por aqui e, pelo menos uma vez ao ano, um meteoro do tamanho de um casa pousa nesse planeta azul.

Mesmo com esse benefício dado pela atmosfera, a coisa é bem feia para o lado da Terra… O quão feia ela é? Confira no próximo post da série!

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/