Problemas estúpidos, soluções idiotas

Problemas existem em todos os lugares e a todos os momentos. Alguns são importantes, outros nem tanto. Porém alguns desses problemas são tão estúpidos, que apenas uma solução idiota para resolvê-los:




Fezes de pombo

Taras_Shevchenko_selfportrait_oil_1840_(crop)

Taras Shevchenko é um dos mais famosos ucranianos, pelo menos na Ucrânia. Ele é considerado (somente em seu país natal) como um gênio comparado a Leonardo Da Vinci. Por isso, a estátua desse ídolo é um dos símbolos do país. A escultura é um ponto turístico da cidade e orgulha o povo local.

O problema é que a estátua fica em uma praça e onde há uma praça, existem pombos. Por causa desses animais amáveis, a obra de arte do gênio vive cheia de merda. No dia a dia isso não era um grande problema, mas a data de aniversário da cidade estava chegando e o governo trabalhava em uma maneira de dar um sumiço nos malditos pombos. A primeira ideia foi simplesmente matar os ratos voadores, mas eles pensaram melhor, vendo que a solução parecia meio drástica, e resolveram usar o Plano B. A alternativa secundária não era tão eficiente quanto a primeira, mas muito criativa: o governo ia embebedar os pombos.

bird_poop_statue

A ideia veio diretamente do prefeito da cidade de Sumy. Segundo ele, seria perfeito dar pão mergulhado em vinho para os pombos e depois capturar os animais. O último passo seria largá-los, todos “duros da cana”, em um lugar bem distante para que não voltassem (como se fosse possível criar uma praça sem pombos no mundo).

Obviamente, todos os defensores de animais do mundo ficaram enlouquecidos e o prefeito acabou mudando sua decisão, mesmo assim, os pombos sumiram no dia de aniversário da cidade…




Péssimas condições de trabalho

china-economy-working-class-production-line

No Brasil, todos os empregados de alguma empresa são defendidos das mais variadas maneiras com leis, que exigem diversos benefícios para todo mundo. Isso é ótimo para o empregado, criando uma sociedade mais justas e tornando o trabalho prazeroso para muitos. Já na China, as leis não defendem muito bem os trabalhadores, pois isso não é de interesse das empresas, nem do governo, que sobrevive no mercado mundial graças a mão de obra barata. Para que os custos fiquem baixos, todo mundo trabalha o dia inteiro, sem final de semana, férias, ou qualquer coisa além de um salário ridículo.

Muitos trabalhadores não aguentam a pressão e se matam, pulando do prédio onde trabalham. Para evitar isso, os chineses criaram a “perfeita solução” para o problema. Por vontade própria, sem nenhuma lei ou obrigação vinda do governo, as empresas resolveram criar algo revolucionário para solucionar todos seus problemas:

18mrr38gvj5nbjpg

Eles colocaram redes em voltas dos prédios, assim quem pula para se matar cai na rede e pode voltar ao trabalho logo em seguida, sem sujar a calçada, dar despesa com enterro ou gerar uma rebelião entre empregados. Não se pode reclamar da criatividade e efetividade chinesa…

Receba mais em seu e-mail
Topo