PORTADORES DE DEFICIÊNCIA 02 (1)

50 - Contra os portadores de deficiência: Convivem, no dia-a-dia, com os piores cenários. De uma forma geral, são preteridos em nossa sociedade, colocados, todavia, em segundo plano nas escolas e ambientes de trabalho.

51- Contra as religiões afro-brasileiras: São criticadas em diferentes espaços. Na televisão, por exemplo, sofre com a ironia de pastores e telespectadores.

52 - Contra os “pedintes” de ônibus: Já nos coletivos, são ironizados por passageiros e cobradores. Entre as frases ditas, destaque para “vai trabalhar” e “some daqui”.

pedinte de ônibus

53- Contra as dançarinas de axé: Enquanto atuam, são adjetivadas como prostitutas ou vagab.. Não obstante, ainda sofrem com a violência física dos parceiros.

54- Contra as mulheres siliconadas: Nas grandes metrópoles, recebem as mais diferentes conotações. Para muitos, a autoestima pouco importará, e sim, apenas a aparência final.