Por que as empresas apostam em trabalho remoto?

ANÚNCIO

 

Escritório, Home, Óculos, Espaço De Trabalho 

ANÚNCIO

A evolução tecnológica tem impactado diversos mercados e setores durante as últimas décadas, e esse impacto não se dá somente na perspectiva do consumidor. As empresas também têm sido alvo de diversas transformações, quer a nível da própria gestão ou do seu contexto empresarial.

Nos últimos anos, a transformação digital das empresas tem sido uma prioridade para diferentes mercados. Uma vez que as novas tecnologias permitem inovar e automatizar os mais diversos processos – tornando-os mais simples e rápidos –, as empresas procuram se adaptar a novos sistemas, que se traduzem em uma forma de responder eficazmente às necessidades do contexto global.

Desde a forma como funcionários se comunicam entre si até os suportes utilizados para gestão e métodos de recrutamento, são vários os exemplos de que a tecnologia já faz parte da estrutura-base de um grande número de empresas. Nesse sentido, as organizações corporativas tendem a explorar todos os benefícios que a evolução tecnológica veio providenciar.

ANÚNCIO

 

Como a tecnologia impulsiona o trabalho remoto

 

No contexto da evolução tecnológica das empresas, a transformação digital veio não apenas possibilitar a reestruturação organizacional, mas também alterar a forma como os colaboradores operam no meio empresarial. Uma das claras vantagens da adaptação das empresas ao meio digital traduz-se no fato de ser possível criar equipes deslocalizadas – que não trabalham em um local específico –, incentivando, dessa forma, o aumento do trabalho remoto.

Em uma era em que a tecnologia predomina em nossas casas e está presente tanto em nossa rotina quanto na gestão diária, a possibilidade de trabalhar remotamente surge como oportunidade para muitas pessoas. Devido ao acesso facilitado a nuvens, aplicativos de mensagens e videochamadas, entre outras ferramentas, é possível desempenhar as mais variadas funções, sendo estas designadas pela própria entidade patronal, também de forma remota.

Notebook, Trabalho, Menina, Computador, Mulher


A tecnologia por trás do trabalho remoto

 

No que diz respeito à metodologia do trabalho remoto, é fundamental esclarecer o conceito de acesso remoto. Como os colaboradores necessitam ter acesso a um servidor privado – neste caso, o da empresa – por meio de outro dispositivo que não esteja diretamente conectado à rede interna da companhia, é necessário recorrer a sistemas e ferramentas que garantam a segurança dos seus dados.

Uma das formas mais comuns de acessar remotamente outros servidores passa pela utilização de uma rede privada virtual, também conhecida como VPN, sigla que vem da expressão em inglês virtual private network. Este sistema permite que seja estabelecida uma ligação direta entre o computador do colaborador e o sistema da empresa, através da criação de uma rede protegida por meio da web. Deste modo, qualquer usuário consegue acessar e-mails corporativos, documentos necessários para o seu trabalho e, inclusive, sistemas de armazenamento online. Tudo através de uma conexão criptografada.

Além dos sistemas de rede virtual, há também outras ferramentas que são disponibilizadas pelos vários sistemas operacionais e que podem facilitar o acesso remoto. No caso do Windows, por exemplo, as versões Professional, Enterprise e Ultimate – algumas das mais comuns entre organizações –, já contam com um sistema de suporte próprio para casos de acesso remoto. Já no Mac OS, o Apple Remote Desktop é também uma solução apresentada pelo próprio sistema.

 

As vantagens do trabalho remoto

 

Não existe dúvida de que a questão da comodidade é uma das principais vantagens de trabalhar remotamente. Porém, na perspectiva do colaborador, a gestão entre a vida pessoal e profissional é outro fator que possui forte influência no momento de decidir optar por esta modalidade ou trabalhar de forma convencional.

Entretanto, não é somente para os colaboradores que o trabalho remoto apresenta vantagens. Na verdade, esta prática chega, inclusive, a influenciar diretamente as receitas de uma organização, pois esta pode reduzir o espaço físico necessário para o desenvolvimento do seu trabalho. Segundo um estudo da Global Workplace Analytics, cada colaborador que trabalha remotamente pode reduzir os custos de uma organização em até 10 mil dólares anuais. Por esse motivo, existem empresas que procuram somente pessoas interessadas em trabalhar dessa forma.

Analytics, Computador, Contratação De, Banco De Dados 

A Organização Internacional do Trabalho indica que a implementação do trabalho remoto por parte das organizações pode chegar a 40% em alguns países. No Brasil, esta temática foi, inclusive, debatida na nova Reforma Trabalhista de 2017, que traz toda a regulamentação do que a lei chama de teletrabalho. Além disso, este modo de trabalho pode ser benéfico para muitas empresas que se encontram no início do seu percurso e ainda não tem recursos suficientes para arcar com custos fixos, como aluguel, mobília, equipamentos, contas de água, luz, internet, condomínio — e por aí afora.

Trabalhar remotamente é, de fato, uma opção vantajosa para as empresas e seus colaboradores. Além da vantagem da redução de custos, inerentes à manutenção de um estabelecimento físico, também já foi comprovado que as pessoas que trabalham a partir de casa têm maior produtividade. Para que essa nova modalidade de trabalho possa trazer vantagens para todos os lados, bastam ingredientes como disciplina, organização e planejamento. Colocando esses pontos em prática, as duas partes se beneficiarão.

ANÚNCIO