O planeta mais escuro encontrado até hoje

Se os astrônomos fossem capazes de vê-lo diretamente, provavelmente apareceria como uma bola de carvão preta e gasosa.

A uma temperatura de 1.000 °C, o exoplaneta é quente demais para ter nuvens, o que ajudaria a refletir a luz de sua estrela. Outros planetas escuros refletem cerca de 10% da luz de sua estrela, mas o TrES-2b reflete só aproximadamente 1%, tornando-se o mais denso e escuro planeta já descoberto.

Os cientistas não têm certeza sobre os motivos de tanta escuridão. O melhor palpite até agora é que a maior parte da composição do planeta seja formada por algo como sódio ou potássio, que absorve a luz. Esse mundo tenebroso está localizado a cerca de 750 anos-luz de distância na constelação de Dragão.

Segundo o cientista Georgi Mandushev, do Lowell Observatory: “Por sua massa, ele deveria ser muito menor. Ele deveria ser do tamanho de Júpiter e, em vez disso, possui quase o dobro de seu tamanho.”

Com o telescópio James Webb, que será lançado em 2018, poderemos estudar mais este planeta, como ficou tão escuro, assim como estudar incontáveis outros planetas estranhos.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/planeta-mais-escuro-encontrado/index.html //-->