Veja as piores redes de fast food da América

[nextpage]

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

A maioria dos restaurantes que vendem aqueles lanches rápidos, como hambúrgueres com batatas fritas e refrigerante, são originários dos Estados Unidos. Porém, hoje em dia tem redes de tudo quanto é nacionalidade, como a de comida chinesa ou mexicana. Nessa lista você vai conferir as piores redes de fast food da América, considerando o que os consumidores e ex-clientes falam sobre o local. Você vai ver que há reclamações como “frango duro” ou “hambúrguer sem gosto”. Ficou interessado? Então clique em “próximo” para ver todas essas redes. Inclusive, há algumas que são bem conhecidas dos brasileiros.

[/nextpage][nextpage]

Cinnabon

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)l

Cinnabon. Esse nome não parece estranho para muita gente. Porém, a rede de comidas rápidas de doces pré-assados tem uma péssima nota. Mas, de que nota estamos falando? Daquela que diz que os clientes voltam a comprar os produtos da mesma loja.

Isso porque uma pesquisa mostrou que apenas 40% deles procuram mais produtos da marca. O resultado você já deve imaginar: a empresa está lutando para sobreviver e não fechar as portas. Para isso, eles até acrescentaram alguns detalhes nos pratos e pedidos.

Mesmo assim, as críticas negativas continuam. Inclusive, são cada vez mais comuns. Entre elas, a gente ouve e lê coisas como “o reaquecimento dos alimentos” ao invés de “venderem sempre produtos novos”. E aí, você curte uma comida esquentada?

[/nextpage][nextpage]

Del Taco

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Mais uma das piores redes de fast food que a gente encontrou para estar nessa lista é a Del Taco. Obviamente, o nome é sugestivo, já que tem tudo a ver com a comida mexicana. Mas, existe mesmo uma rede fast food de comida mexicana? Sim.

O problema é que apesar de ter essa “exclusividade”, a marca também não tem um bom resultado: apenas 40% das pessoas que passam por lá voltam a consumir nesse mesmo lugar. É praticamente o mesmo número da Cinnabon.

O motivo mais reclamado é que a comida é “pouco apetitosa”. E tem mais comentários, como “muito arroz nos burritos” ou “carne sem sabor”. Atualmente, eles tentaram melhorar com o Beyond Meat (marca de carnes famosa na América). Porém, isso ainda não surtiu efeito.

[/nextpage][nextpage]

Einstein Bros Bagels

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)
É uma rede pouco conhecida no Brasil, mas que faz muito sucesso por outros países. A ideia é vender bagels gourmets. Para quem não sabe, os “bagels” são tipos de uns pães, mas no formato de donuts. No caso dessa loja, eles vêm recheados.

Logo, teria tudo para ser um restaurante de sucesso. Porém, essa não é a realidade. A crítica começa pela reclamação na qualidade dos alimentos, com o atendimento ao cliente e até mesmo com o gosto ruim do café. Ao menos, é o que os ex-clientes dizem.

[/nextpage][nextpage]

White Castle

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

No Brasil, a gente pode traduzir o restaurante que faz sucesso na América como “Castelo Branco”. No entanto, ele é pouco conhecido por aqui, independente do nome. Em outros países, ficou conhecido por ter os “hambúrgueres pequenos”.

Portanto, se você quer conhecer mais desse lugar, saiba que vai ter que pedir mais de 1 produto, combinado? Ah, e pode ter certeza que se não falar, ao menos você vai pensar, algo como: “esses pães estão muito grandes para o tamanho do hambúrguer”.

Aliás, para piorar, muita gente diz que o lanche tem muito gosto de cebola.

[/nextpage][nextpage]

D’Lites

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Imagina só um fast food muito saudável? Será que isso é mesmo possível? Ao menos na prática, essa era a ideia da rede D’Lites. Mas, como você deve imaginar, a ideia não deu certo, já que a marca está nessa entre as piores redes de fast food da América.

Ela fica na Geórgia, só que tem mais de 100 unidades espalhadas. A ideia sempre foi a de oferecer alimentos com valor nutricional acima do que os concorrentes ofereciam. Assim, desde 1978, ela existe e com várias franquias, que nasceram em 1983.

A reclamação, mesmo após a abertura de mais de 100 lojas, é que ela não era tão nutritiva assim. O que acontece em seguida é que, a partir de 1986, ela parou de franquear. E a partir disso começou a ser vendida para outra rede, a Hardee’s.

[/nextpage][nextpage]

Subway

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Ah, a Subway é a mais conhecida dessa lista entre os brasileiros. Quase em toda cidade há uma unidade dela, não é mesmo? Uma curiosidade para começar: saiba que antes ela era chamada de Pete’s Super Submarines.

Porém, você pode estar se perguntando: como uma das marcas que mais cresce está nessa lista de piores redes de fast food? Saiba que mesmo alcançando mais de 42 mil locais em mais de 100 países, muita gente diz que só vai até lá por “conveniência”.

Assim, pouco mais de 42% dos clientes retornam ao local. Você não sabia disso, não é mesmo? E os motivos das reclamações passam por “pão ruim” e vai até “funcionários rudes” ou “tempo de espera muito alto”.

[/nextpage][nextpage]

Panda Express

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Agora temos um nome pouco conhecido no Brasil. No entanto, a rede tem mais de 2 mil lojas em solo americano. Assim, é uma das maiores redes de alimentos asiática nos Estados Unidos. Como faz tanto sucesso: oferecendo ao cliente a chance de fazer a própria refeição.

Aliás, a indicação da rede aqui nessa matéria é pelo fato de que o BuzzFeed fez um estudo para que os chineses que estavam nos Estados Unidos provassem a comida do Panda Express. Obviamente porque é uma alimentação chinesa.

O resultado não foi nada agradável e a colocou no ranking das piores redes de fast food da América. E você, ficou com vontade de experimentar?

[/nextpage][nextpage]

Church’s Chicken

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

A ideia era ser uma rede de fast food de frangos fritos. Exatamente (ou melhor) do que a Popeyes e a KFC. Porém, ao sair de lá dá para se pensar em “frangos duros como rocha”. Ao menos, é o que comenta muitos consumidores.

A crítica é pesada. Mas, real. Tanto é que a Church’s começou a pensar em melhorias. Porém, nada de concreto aconteceu até aqui.

[/nextpage][nextpage]

While Wendy’s

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

A próxima das piores redes de fast food da América é a Wendy’s. Ela oferece uma infinidade de guloseimas que aparentam ser muito atraentes. Porém, é só aparência mesmo. O nome da rede, inclusive, vai ser lembrado por muita gente de forma negativa.

Como assim? Em 2018, um cliente encontrou um rato vivo em um saco de pão de hambúrgueres. E sem falar da crise do “dedo no chili”, que aconteceu em 2005. Sabe? Muita gente diz ser armação. Porém, isso afastou muitos clientes de lá.

[/nextpage][nextpage]

Little Caesars

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Olha só essa ideia: vender uma pizza grande de queijo ou de pepperoni por apenas R$ 5. O que você acha disso? No mínimo, é convidativo, correto? Saiba que esse era o foco da rede Caesars. E ainda tinha mais: o anúncio falava em produtos frescos e de qualidade.

Porém, não era isso que os clientes encontravam lá. Dos recheios usados aos molhos, o que eles falavam é algo como “pizza com o gosto estranho”. Inclusive, há quem diga que a “pizza tem gosto de papelão”. E isso a qualifica como outra das piores redes de fast food da América.

[/nextpage][nextpage]

Checkers

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

Essa é uma marca que se especializou na venda de cachorros-quentes, batatas fritas, milk-shakes e também de lanches (os famosos hambúrgueres”. Sendo assim, ela tinha uma visão: a de que as “damas” eram o público-alvo.

O problema é que elas começaram a reclamar muito da demora no atendimento em todas as unidades. E o pior de tudo é que isso acontecia mesmo quando tinha pouca gente para ser atendida.

Ah, mas não é somente sobre o atendimento que haviam as reclamações. Logo, outro problema é que as pessoas diziam que “os hambúrgueres não tinham sabor”. Ou que a alface vem grande demais”. Mas, os milk-shakes de banana eram elogiados, de fato.

[/nextpage][nextpage]

Sonic

piores redes de fast food da América Foto: (reprodução/internet)

A Sonic é uma rede bem diferente do ponto de vista que é atende em formato de Drive-In. Logo, há sim uma boa indicação de sobremesas. Porém, as reclamações superam tal vantagem que se tem nas unidades. Por isso, essa é mais uma das piores redes de fast food da América.

15 anúncios de fast food enganosos em que você caiu! O barato sai caro!

Isso porque os cachorros-quentes, os lanches em geral e até mesmo as bebidas não tem gosto de nada. “Além de não serem frescos”. Aliás, tem gente falando que o lanche é de alface, já que esse é o único ingrediente que ganha espaço no recheio.

[/nextpage]