Philippe Coutinho mostra ao Arsenal que ainda está jogando um futebol de ponta

ANÚNCIO

A ressurreição de Philippe Coutinho pelo Barcelona está bem encaminhada, com o meio-campista atacante tendo impressionado até agora nesta temporada, desde que voltou da Alemanha.

O jogador de 28 anos passou o ano passado emprestado ao Bayern de Munique, depois de não ter conseguido iluminar o mundo no Camp Nou, o que ajudou a vencer a Bundesliga e a Liga dos Campeões.

ANÚNCIO

Especulou-se que ele poderia se mudar para a Premier League no verão, com o Arsenal entre os clubes que expressou o mais firme interesse.

Escolha certa de Koeman

Mas quando Ronald Koeman assumiu o comando do Barcelona, ele insistiu que Coutinho seria uma parte importante de seus planos no futuro e, no final, ele ficou na Catalunha.

Até ao momento, esta se revelou uma boa decisão, com o antigo jogador do Liverpool marcando duas vezes e feito duas assistências até ao momento na presente campanha.

ANÚNCIO

Ele, no entanto, sofreu um revés ao se machucar no jogo contra o Real Madrid e pode enfrentar uma curta passagem pelo campo.

Philippe Coutinho mostra ao Arsenal que ainda está jogando um futebol de ponta
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, uma estatística surgiu que resume a melhora de Coutinho no Barcelona nesta temporada, com o jogador tendo completado nove de seus dez dribles na La Liga até agora.

Essa taxa de sucesso de 90% é melhor do que qualquer outro jogador da divisão que tentou dez ou mais dribles, e mostra que Coutinho ainda é claramente uma grande ameaça para o ataque.

Arsenal pode repensar se não deveria ter contratado o brasileiro

Diante da falta de criatividade e de ideias ofensivamente, o Arsenal pode se perguntar se Coutinho poderia ter sido a peça que faltava no quebra-cabeça dos Emirados.

A equipe de Mikel Arteta marcou apenas um gol nos últimos três jogos da Premier League e muitos argumentaram que não têm um formador de jogo que possa fazer toda a diferença.

Jogadores como Nicolas Pepe mais uma vez não conseguiram brilhar até agora nesta temporada, e as lutas do extremo da Costa do Marfim foram resumidas quando ele perdeu a posse de bola nada menos que 15 vezes na primeira metade do jogo da Liga Europa dos Gunners contra o Dundalk, na semana passada.

Compare isso com os números de Coutinho e pode ser compreensível por que alguns torcedores do Arsenal podem ficar lamentando a oportunidade perdida de assinar o astro brasileiro.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

 

ANÚNCIO