Pessoa usando fantasia anda por trás do repórter da BBC durante transmissão ao vivo

ANÚNCIO

As pessoas que estavam vendo as notícias em casa estavam um pouco distraídas quando uma pessoa em trajes extravagantes apareceu atrás de um repórter, olhando para a câmera antes de sair do quadro.

Pessoa usando fantasia anda por trás do repórter da BBC durante transmissão ao vivo

ANÚNCIO

A correspondente da BBC News Helena Wilkinson estava reportando de Leicester Square, Londres, mostrando como uma área turística geralmente próspera foi deixada vazia após o último discurso do primeiro-ministro Boris Johnson, ordenando que os espaços sociais se fechem para ajudar a conter a propagação do novo Coronavírus.

“É muito estranho estar parado no meio de Leicester Square, no coração de Londres, numa sexta-feira à noite”, disse Wilkinson.

“Está quase deserto aqui.”

ANÚNCIO

É claro que Wilkinson não ficou sozinha por muito tempo, pois logo ela se juntou a alguém no fundo, que havia decidido invadir a transmissão de notícias ao vivo enquanto usava uma estranha fantasia que envolvia uma máscara e um chapéu de almirante. .

O momento não passou despercebido pelos telespectadores em casa, com muitos compartilhando o clipe no Twitter, incrédulos.

Uma pessoa escreveu: “Veja esse garoto na BBC News. Sim, sim, capitão”.

Outra piada: “Rees-Mogg faz uma aparição inesperada usando sua máscara de coronavírus”.

Alguém comentou: “Eu ri tanto que quase engasguei”.

Durante seu briefing diário de coronavírus hoje, o primeiro-ministro Boris Johnson disse a todos os bares, cafés e restaurantes para fechar ‘hoje à noite, assim que possível’.

Ele disse: “Estamos dizendo que cafés, pubs, bares e restaurantes fechem hoje à noite assim que possível e não reabram amanhã”.

A mesma regra também se aplica a teatros, academias, cinemas e centros de lazer, explicou Johnson, acrescentando: “Precisamos agora avançar ainda mais nessa curva de transmissão”.

“Tanto quanto possível, queremos que você fique em casa.”

Johnson disse que os locais ainda podem continuar a fornecer “serviços de take-away” e que as novas medidas de fechamento serão revisadas mensalmente.

Dirigindo-se ao público em geral, Johnson disse: “Queremos que você fique em casa para proteger o NHS e salvar vidas”.

Ele também prometeu às empresas que o governo está fazendo tudo o que pode ao seu alcance e que as “apoiaria”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible

ANÚNCIO