O perfume à base de "merda"

perfume_Surplus_01

Depois que um maluco conseguiu vender uma latinha cheia de cocô por mais de 270 mil reais, não é de se surpreender que um outro doido queira fazer perfume com as próprias fezes e ganhar algum dinheiro com isso.

Nicholas Jammie, uma artista inglês, resolveu criar um perfume que usa como matéria prima o seu cocô. perfume_Surplus_03Ele pode até parecer meio pirado (para não dizer algo pior), mas conseguiu encontrar 25 pessoas mais insanas do que ele, que compraram cada uma um frasco do perfume por 65 dólares (mais ou menos 106 reais).

O perfume de bosta é chamado de “Surplus” (excesso em tradução livre) e foi criado depois que Jammie leu “A História da Merda”, livro de Dominique Laporte, que fala sobre as fezes e sua importância de uma maneira geral na vida social das pessoas.

O segredo do perfume de "merda" está na sua composição, onde alguns odores ruins estão encobertos por cheiros bons. Segundo o criador do Surplus, existem algumas fragrâncias nas fezes que também são encontradas em flores, de forma que o mau cheiro ficar por conta da concentração, e não da substância em si.

5

No total 85 frascos foram produzidos, desses 25 já foram incrivelmente vendidos. O perfume, que Jammie admite usar em algumas festas, foi todo feito na sua própria casa e quem quiser comprar essa maravilha criada da bosta, só precisar entra no site do artista e pedir o seu!

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo