Para onde estas setas misteriosas do deserto estão apontando?

ANÚNCIO

Antes dos beacons, 10% dos pilotos do correio não morrerem durante os voos da noite.

SETAS DO DESERTO

Nos destroços remotos dos desertos da América, você pode se deparar com algo estranho: um bloco de concreto na forma de uma flecha.

ANÚNCIO

Centenas dessas flechas misteriosas se estendem por toda a América.

desert arrow

O que essas flechas do deserto estão fazendo lá fora e para o que elas estão apontando?

ANÚNCIO

Eles poderiam ser usados ​​para calibrar satélites espiões como o misterioso deserto “X”?

A ESTRADA DE LUZ DA AMÉRICA

As flechas foram originalmente feitas para guiar aviões pela vasta e instável fronteira da América.

Essas flechas costumavam ser emparelhadas com um farol como torres que iluminavam as flechas para visualização aérea.

air mail beacon

Um sinal de correio aéreo que sobreviveu intacto.

Tudo isso resultou do mandato de 1922 de que o serviço postal dos Estados Unidos entregasse correspondência por avião. Até esse momento, ninguém achava que havia uma maneira confiável de navegar de avião à noite.

Naquela época, 1 em cada 10 pilotos de correio dos EUA que voavam à noite morreu.

O SISTEMA AIR BEACON

Os pilotos usavam trilhos de trem para navegar, mas isso tornava as viagens mais longas do que precisavam e só podiam ser rastreadas em dia inteiro ou ao luar.

As flechas dedicadas ao avião permitiram que os aviões cortassem uma viagem de 83 horas de Nova York a São Francisco para apenas 33 horas.

highway of light map

MAIS DO QUE APENAS DIREÇÕES

Os faróis de ar agiam como mais do que simples setas apontando para o oeste; muitos indicaram campos de pouso de emergência ou a localização de destinos entre São Francisco e Nova York.

No final da construção da rodovia, 1.550 faróis se estendiam por 30.000 quilômetros da América.

Infelizmente, quando a rodovia de luz foi concluída, auxílios não visuais à navegação como o rádio haviam tornado as torres obsoletas.

Muitas das estruturas foram derrubadas ou destruídas, mas ainda restam centenas de flechas para mistificar os caminhantes e os entusiastas do Google Earth.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys

ANÚNCIO