Minilua

O outro tamanho das coisas #1

Nós estamos acostumados com o mundo das medidas médias, onde metros, quilômetros e centímetros são capazes de descrever o tamanho de quase tudo, mas isso não serve para muitas coisas no Universo:

Distância estrelar

Nosso Sol tem um raio de 695 mil quilômetros, muito maior do que a Terra, que possui apenas 6 mil. Esses tamanhos extraordinários ficam ainda mais incríveis quando falamos de distâncias no espaço. Por isso, se pudéssemos transformar o Sol em uma bolinha de ponta de caneta (com 1 ou 2 milímetros), a estrela mais próxima ainda estaria a 15 quilômetros de distância.

Densidade

Sem levar em consideração os buracos negros que são “infinitamente” densos, as estrelas de nêutrons são corpos celestes onde os átomos passam mais aperto. As coisas ficam tão apertadas por lá, que um simples grão de areia dentro dessa estrela tem os mesmos 94 milhões de quilos da Torre Eiffel.

Células

Células, na grande maioria, são bem pequenas. Isso inclui os glóbulos vermelhos do sangue, que são responsáveis pelo movimento do oxigênio e gás carbônico dentro do corpo. Apesar de serem extremamente pequenos, quando comparadas aos vírus, eles viram gigantes. Se o vírus tivesse exatamente um metro de comprimento, as células vermelhas do nosso corpo seriam do tamanho de um Boeing 747.

Pequena Lua

Nós sempre tivemos a noção de que a Lua é bem grande, afinal ela é um corpo celeste orbitando nosso planeta. Porém ela é bem menor do que aparenta. Seu tamanho pode ser comparado a Austrália, a maior ilha do planeta. A Lua tem 3476 quilômetros de diâmetro, já o país dos cangurus tem 4 mil quilômetros. Se substituíssemos a Lua pela Austrália, veríamos isso no céu:

Átomos

Os átomos são tão pequenos, que em apenas um único grão de areia, existem tantos átomos como existem grãos de areia em todas as praias do planeta.

O primeiro voo

O primeiro voo feito pelos Irmãos Wright, em 1903, percorreu 37 metros, que é menos da metade da envergadura de um Airbus A380.

Terra lisa

Estamos acostumados com a Terra sendo totalmente irregular, com vários altos e baixos, mas ela é bem esférica. Tanto que se encolhêssemos o planeta ao tamanho de uma bola de bilhar, ela seria tão lisa quanto uma bola profissional.