Os maiores mistérios da humanidade #115

Embora algumas pessoas digam que a curiosidade matou o gato, parece que os seres humanos são imunes a esta afirmação.

Nesta série vamos apresentar alguns dos maiores mistérios conhecidos pelo homem. Embora nem todos mistérios do mundo estejam listados aqui, alguns são realmente interessantes, caso você consiga resolver algum desses mistérios deixe um comentário abaixo para que possamos discutir sobre o assunto.
Boa Leitura!




Hitler fugiu para a Argentina e morreu ali; Mito ou verdade?

A alguns dias atrás, foram apreendidas na Argentina dezenas de objetos de valor nazistas que estavam escondidos em um quarto. Esta descoberta inclui um busto de Adolfo Hitler, armas e outras relíquias, algo que nos fazem lembrar sobre a hipótese de que Hitler não morreu em seu bunker na Alemanha, mas na Argentina, depois de escapar, será verdade?

hitler

Lembre-se que foram os russos que chegaram primeiro ao bunker de Hitler, ocupando o país. Marechal Georgi Zhukov russo disse na época:

Não encontramos qualquer corpo que possa ser definitivamente identificado como o de Hitler, e, portanto, não podemos fazer qualquer declaração sobre a sua morte.

No entanto, a história oficial é que no dia 30 de abril de 1945, Hitler colocou sua pistola Walther PPK em sua cabeça e disparou. O mundo não parece totalmente convencido com esta história, e uma particularmente perturbadora que circula desde então é que ele escapou para a Argentina, onde muitos líderes nazistas passaram a se esconder.

hitler eva braun

Abel Basti escreveu um quinto livro sobre ele:  O exílio de Hitler. Ele explica que “existem documentos desclassificados dizendo o que Stalin disse: “Hitler escapou para a Argentina”. De acordo com o autor, um documento de 1944 do FBI suporta a ideia de que Hitler escapou para a América do Sul.

De acordo com esse documento, o adido militar dos EUA na Argentina, General Ladd, “uma colônia alemã, saudável na Argentina, oferece grandes possibilidades para fornecer um refugio a Hitler e seus capangas; um dos seus membros, Count (Carl von) Luxburg, foi mencionado como um operador agrícola, que serviria para proporcionar um refúgio (Hitler) “.

hitler bunker de

Ele também garante que Hitler chegou lá “após um vôo direto de 7.375 milhas de Berlim em um avião especialmente construído ou como passageiro em um longo passeio de submarino”. O autor do livro acredita que Hitler morreu em 1971 e foi ajudado por Eva Braun. Ela vivia em Bariloche e, em seguida, em Buenos Aires.

Na década de 80 Larry Birns, autoridade dos EUA, disse que Eva viveu na Argentina, e os Estados Unidos acreditavam que o suicídio de Hitler tinha sido uma farsa armada pelos nazistas. A principal evidência são os documentos reais e entrevistas feitos pelos jornalistas.

hitler cães eva braun

“Existem diversos relatórios em jornais, revistas, agências noticiosas cabos, etc., relacionados com o que aconteceu com Hitler em 1945. A surpresa, é que esse material analisado em mais de 80% dessas histórias parecem sugerir que Hitler escapou. Naquela época, o líder soviético Joseph Stalin confirmou que Hitler tinha escapado para a Espanha ou Argentina, e pediu que fosse dada como certa a sua morte. A mesma afirmação, que Hitler escapou, está registrada nos documentos secretos desclassificados de hoje, como relatório da inteligência de Nordon, EUA, que afirma que no bunker, falso, em Berlim foi montado para simular o suicídio de Hitler. Mas, eventualmente, ele escapou. Como não foi encontrado seu corpo, o estado alemão do pós-guerra declarou Hitler como morto dez anos depois, como morte presumida. Durante esses dez anos (1945-1955) para o Estado alemão, Hitler tinha o estatuto jurídico de uma pessoa viva, sem julgamento contra ele. E, conseqüentemente, sem um mandado “.

comer hitler

Ele também se reuniu com numerosas testemunhas:

“Existem diversas evidência com testemunhas cujos depoimentos estão em meus livros que estavam com Hitler na Argentina, e documentação, especialmente as do FBI e CIA. A única coisa que contradiz a possibilidade de que o Führer foi exilado em nosso país é a que ele foi liberado apenas por uma camarilha nazista em 1945, e foi pego pelo ator britânico Trevor Roper, para converter a história nazista na ‘história oficial’ . Até poucos anos atrás, foi apresentado como a única evidência tangível de que a história de um pedaço de crânio com um buraco produzido por uma bala, que foi atribuído a Hitler, e está armazenado no Arquivo Federal de Moscou. No entanto, um estudo realizado por uma equipe de pesquisadores americanos revelaram que o DNA dessa peça é feminino, o que significa que o falecido era uma mulher”.

documento fbi

O autor também dá uma hipótese de por que fugir para a Argentina:

“Muito antes do fim da guerra, Hitler tinha um Plano B de evacuações disponíveis no caso do Terceiro Reich ser derrotado, como finalmente aconteceu. O objetivo era transferir as moedas ocidentais, ouro, tecnologia e homens, para que a capital alemã não permanecesse nas mãos dos soviéticos, que acabariam invadindo Berlim. Nesse programa de evacuação, que previa vários países, incluindo os Estados Unidos, a Argentina tinha sido escolhida para ser o refúgio de Hitler, e com isso milhares de nazistas cruzaram o oceano para se instalarem no sul do mundo depois da guerra”.

Agora, é bem sabido que muitos nazistas escaparam para a Argentina. Josef Menguele, o “Anjo da Morte” em Auschwitz, viveu na Argentina, Paraguai e Brasil; Klaus Barbie, na Bolívia e viveu Adolf Eichmann, conhecido como o “arquiteto” da solução final, viveu sob o nome falso de Ricardo Klement em San Fernando, até que ele foi sequestrado pelo Mossad e enforcado em Israel.

Segundo o escritor, Hitler viveu na residência Inalco, uma casa às margens do Lago Nahuel Huapi em bela cidade da Patagônia de Villa La Angostura.

Esta foi uma das casas onde o Führer viveu, mais tarde foi adquirida por José Rafael Trozzo, banqueiro. Este último fugiu para o México por acusações de fraude e disse que Hitler viveu nesta casa, entre 1947 e 1949.

casa na Argentina

Antes do início da Segunda Guerra Mundial, os rumores de que os nazistas estavam operando na Argentina eram frequentes. Um navio de guerra alemão, meses antes do início da guerra, era operado no Atlântico Sul até que ele teve que atracar em Montevidéu, Uruguai. Depois de afundar o capitão do barco, se suicidou, mas muitos da tripulação viveram na Argentina por um tempo em 1940.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/os-maiores-misterios-da-humanidade-115/index.html //-->