Os esportes mais extremos e perigosos da história

Não é de hoje que os esportes existem, há muito tempo, inclusive antes de Cristo, já existiam diversos esportes, a questão é que hoje eles já não são tão perigosos como eram antigamente.

A seguir, você confere alguns deles:




Futebol de massas

Basicamente, um futebol de rua sem limite de jogadores. Na Inglaterra, a partir da século 14, esse esporte tornou-se muito comum, e uma multidão tinha de simplesmente levar a bola - feita de bexiga de porco - para a sua vila. Ao final do jogo, haviam muitos membros quebrados e até mesmo mortes.




Pankration

Um esporte da Grécia Antiga, era como UFC, mas sem regras, a não ser as que proibiam morder, arrancar ou atacar os genitais do outro lutador, a luta acabava quando alguém desistia.

Arrhichion, um dos vencedores da competição, ganhou depois de morto, pois seu adversário estava lhe dando um mata-leão quando ele conseguiu quebrar seu tornozelo, fazendo-o se submeter e assim ganhando a luta, pena que ele havia sido sufocado até a morte, mesmo assim, os juízes o coroaram vencedor.




Corridas de carruagem

Era possível se tornar o equivalente a bilionário nos dias de hoje se você fosse um bom corredor.

Esse esporte era muito apreciado na Roma Antiga e, como você pode imaginar, acidentes eram muito comuns, para você ter uma ideia, até mesmo recriar uma cena dessas é muito perigoso, como para o filme Ben Hur, no qual morreram 5 cavalos e um dublê.




Knattleikr

Um jogo Viking, isso resume tudo. Era um jogo com dois times carregando tacos, algo parecido com um baseball primitivo, com uma bola tão pesada que poderia machucar alguém a ponto de sangrar ou até mesmo deixar alguém inconsciente, sem falar do temperamento dos Vikings, que quase sempre era mediado por raiva.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/os-esportes-mais-extremos-e-perigosos-da-historia/index.html //-->