Minilua

A origem horrenda dos desenhos da Disney #3

Já vimos que até mesmo a Disney possui um lado sombrio, mas esse lado negro só era percebido depois que a animação já havia sido criada, e não antes de tudo, digo isso porque alguns desenhos tem uma origem muito macabra, que vai desde assassinatos até torturas! Isso porque estavam fazendo um desenho para crianças

Felizmente, o roteiro original foi mudado para algo menos traumático. Saiba quais foram esses desenhos:

Cinderela

Cinderela sempre pareceu uma pessoa inocente, mas não na primeira história criada por Giambattista Basile, chamada de Gata Cinderela. Nela, Cinderela fala para sua Governanta sobre a crueldade de sua madrasta, a dona de casa então lhe diz que a única maneira de resolver os problemas seria matar a cruel madrasta acertando em sua garganta uma tampa de um baú de madeira para que, assim, quebre o seu pescoço.

Cinderela assim o faz, agora, ela precisa convencer seu pai a se casar com a arquiteta do plano, como parte do “acordo”, mas o que ela não sabia era que sua gentil e confiável Governanta tinha nada mais do que sete filhas, as quais ela pretende apresentar ao pai de Cinderela. Conforme as apresentações foram feitas, o pai de Cinderela acaba por perder o interesse em sua filha, isso se em resulta em maus tratos para com a garota, principalmente das filhas da Governanta. A partir de então, depois de ser chamada de vários nomes, Cinderela é colocada na cozinha para trabalhar e então recebe o nome de Gata Cinderela. O resto é uma história que, por incrível que pareça, terá um final feliz.

Pocahontas

Os dois filmes da Disney que envolvem a índia tiveram origem de contos que foram alterados com o decorrer da história, mas ainda se sabe qual é a verdadeira história por causa de relatos históricos registrados da colônia de Virginia, nos EUA. Isso mesmo, Pocahontas é baseada em uma história real.

Pocahontas tinha apenas dez anos quando John Smith, o capitão, foi capturado por sua tribo, entretanto, segundo relatos do próprio, ele foi bem tratado durante seu sequestro, porém, depois de alguns anos e quando o nome da índia começou a ficar famoso pela Inglaterra, Smith mudou a história, dizendo que ela havia lhe salvado da execução.

E foi quando ela tinha dezessete anos que os ingleses atacaram sua tribo e a capturaram. Durante o ataque, seu marido Kokoum foi morto e Pocahontas foi violentada repetidamente por vários soldados e acabou ficando grávida. Depois, foi forçada a converter-se ao Cristianismo e casou-se logo com o inglês John Rolfe, para que a gravidez parecesse legítima.

Algum tempo depois, John Rolfe e sua família voltaram para a Inglaterra, e, ao chegarem lá, Pocahontas foi colocada em um espartilho e apresentada ao público como símbolo  de que a Virgínia havia sido domada.

Após dois anos, a família decidiu fazer outra viagem, mas desta vez para a colônia. Entretanto, depois de um jantar antes de partir, Pocahontas começou a vomitar e a ter convulsões, o que, infelizmente acabou levando a uma morte violenta e dolorosa. Não foi descoberta a verdadeira causa da morte, há até quem diga,  que ela havia morrido por ter contraído pneumonia, varíola ou tuberculose, mesmo sem antes apresentar quaisquer um dos sintomas.

Entretanto, há alguns registros que dizem que a índia havia descoberto o plano dos ingleses para aniquilar as tribos nativas para, assim, tomar a terra à força. Por isso, foi armado um plano para que ela morresse por envenenamento antes de chegar com a notícia a seu povo. Pocahontas tinha apenas 22 anos de idade quando foi morta.

São histórias muito macabras para fazerem parte da infância de qualquer pessoa. Concorda?

Me adicione no Facebook: Nandy Martins

E faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/