Orangotangos fazem amizade com a família de lontras que nadam pelo recinto dos macacos

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Os funcionários de um zoológico na Bélgica ficaram impressionados com a amizade surpresa que se formou entre uma família de orangotangos e um grupo de lontras no zoológico Pairi Daiza, em Brugelette.

Orangotangos fazem amizade com a família de lontras que nadam pelo recinto dos macacos

Eles se conheceram quando os guardas decidiram correr o rio das lontras através do recinto dos orangotangos – e desde então eles se deram bem, formando um “vínculo muito especial” entre si.

Agora, fotos incríveis foram compartilhadas mostrando a família de orangotangos – Ujian, Sari, e seu filho Bernai, três – relaxando com seus amiguinhos.

Em um momento sincero, Berani parece estar jogando um jogo de esconde-esconde com um dles.

Falando sobre a amizade, o porta-voz do zoológico de Pairi Daiza, Mathieu Goedefroy, diz que a introdução de duas espécies diferentes ajuda a ‘enriquecer’ suas vidas.

Ele disse: “Dois fatores são muito importantes para o bem-estar de um animal em cativeiro: o tamanho do seu recinto, mas também a qualidade do seu recinto.

Orangotangos fazem amizade com a família de lontras que nadam pelo recinto dos macacos

“Isso significa que um animal – e esse é ainda mais o caso dos orangotangos, com quem os humanos compartilham 97% de seu DNA – deve ser entretido, ocupado, desafiado e mantido ocupado mental, emocional e fisicamente o tempo todo.

“Para isso, temos um programa de enriquecimento muito forte para nossos orangotangos, onde nossos guardiões os entretêm o dia inteiro com jogos mentais, enigmas, quebra-cabeças e outras coisas para treinar sua inteligência.

“Um dos enriquecimentos é ter diferentes espécies de animais juntas, para que elas possam interagir.

“É por isso que escolhemos deixar uma família de lontras morar no rio que atravessa o território do orangotango.”

Os três orangotangos foram para o zoológico de Pairi Daiza em 2017.

E Goedefroy diz que o grupo de lontras agora não ama nada além de brincar com seus ‘grandes amigos peludos’.

Ele acrescentou: “Em particular, o bebê Berani e o pai Ujian desenvolveram um vínculo muito especial com os vizinhos.”

“Torna a vida mais divertida e interessante para as duas espécies animais, o que a torna uma experiência muito bem-sucedida”.

No início deste mês, o único orangotango albino conhecido do mundo, Alba, foi visto pela primeira vez em um ano desde que foi libertada na floresta tropical de Bornéu.

Alba foi capturada por conservacionistas em 2017, depois de ser encontrada trancada em uma jaula como animal de estimação por moradores da região indonésia de Bornéu, Kalimantan.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible