Oficial indiano propõe cães para o jantar

ANÚNCIO

O estado indiano de Kerala está passando por uma epidemia de cães vadios. Nos últimos oito meses, houve mais de 40.000 denúncias de mordidas de cães.

O ministro-chefe de Kerala, Oommen Chandy, anunciou o aumento da produção de vacinas para atender às necessidades dos indivíduos afetados, além de criar um estoque para futuras mordidas de cães, enquanto trabalha para abater a população canina.

ANÚNCIO

Logo após este anúncio, o registrador do Instituto Indiano de Educação e Pesquisa Científica de Bhopal, K.V. Satya Murthy, propôs sua própria solução que não custará dinheiro ao estado, mas ajudará a encher seus cofres.

Traçando paralelos com “fazendas de aves, laticínios, ovelhas, cabras e outras fazendas e laticínios domésticos”, ele sugeriu que os cães vadios fossem colocados em seus próprios recintos e depois enviados para países como Coréia, China, México, Indonésia e , estranhamente, na Suíça, onde existem mercados florescentes para carne de cachorro.

stray dogs on the street

ANÚNCIO

Sem surpresa, os ativistas dos direitos dos animais, tanto na Índia quanto no cenário internacional, expressaram indignação com essa proposta. Não apenas pelo tratamento desumano dos cães sugerido por Murthy, mas também pelo fato de um surto de raiva ocorrer na China e na Indonésia.

Parece que um certo registrador não deve contar com o recebimento de uma vacina quando for inevitavelmente mordido por vários cães.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Weird Asia News

ANÚNCIO