10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados


Existem várias histórias contadas por aí envolvendo objetos amaldiçoados ou assombrados. Estes objetos são bem aleatórios, incluindo brinquedos de criança. Azar, problemas de saúde e financeiros são muito comuns no que diz respeito a estas histórias em particular. Aqui vão algumas histórias que te farão pensar duas vezes antes da sua próxima compra. Claro que as chances de encontrar algo sobrenatural são muito pequenas, mas tenha cuidado principalmente com coisas usadas, elas nem sempre são o que parecem.

1. Cadeiras assombradas no Castelo Belcourt

10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados

Inúmeros fenômenos já foram presenciados no Castelo Belcourt, mas as cadeiras parecem ser um tanto pior. Aparentemente, alguns visitantes afirmam sentir frio e desconforto ao sentar nas cadeiras, e alguns dizem já ter sido arremessados delas.

2. Vestido de casamento amaldiçoado

10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados

Este vestido já pertenceu a Anne Baker, que nunca chegou a usá-lo, já que seu pai tirou o futuro noivo da jogada. Algumas pessoas afirmam ver o vestido se mover sozinho, especialmente em noites de lua cheia.

3. O Espelho de Myrtles Plantation

10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados

A Myrtles Plantation é considerada uma das casas mais assombradas dos Estados Unidos. E este espelho provavelmente tem boa parcela de culpa nisso. A família que vivia na residência foi envenenada, e dizem que suas almas estariam aprisionadas no espelho.

4. A caixa Dybbuk

10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados

Dybbuk, no folclore Judeu é um espírito do mal. Dizem por aí que um sobrevivente do holocausto invocou um demônio usando uma tábua dos espíritos feita em casa, mas o prendeu dentro de um armário de vinhos. Um dos donos do objeto teve um infarto e morreu, outro desenvolveu uma doença de pele rara.

5. O vaso Basano

10 objetos do dia-a-dia que são estranhamente assombrados

Este vaso prateado feito no século 15 foi dado a uma noiva na noite de seu casamento. Entretanto, a noiva foi assassinada na mesma noite com o vaso em suas mãos. Outras três mortes parecem ter acontecido na família, assim que eles imploraram para que a polícia tirasse o objeto dali.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.