O sorriso adorável dessa garotinha escondia o sinal de que algo não estava certo

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Mamãe Vanessa teve uma gravidez difícil com todos os três filhos, mas notou que sua filha Emmy não se parecia com sua irmã Charlotte quando ela nasceu.

Emmy era um “bebê pequenino com os olhos fechados e um sorriso enorme”, que sua mãe descreveu como “surpreendente”.

O sorriso adorável dessa garotinha escondia o sinal de que algo não estava certo

Vanessa disse que notou que os dedos mindinhos de sua filha estavam virados para dentro, mas suas preocupações foram descartadas pelos médicos que disseram que ela estava “procurando coisas”.

Depois de fazer sua própria pesquisa, ela descobriu que ter os dedos mindinhos voltados para dentro pode ser um sinal presente em várias síndromes, e ficou surpresa por não ter sido apontada como bandeira vermelha pela equipe médica.

Ela foi informada de que estava sendo ‘ridícula’ e, depois de oito dias no hospital, Emmy recebeu alta com uma pontuação perfeita, conforme relatado pelo Kidspot.

Emmy teve um sopro cardíaco e, em um acompanhamento com um cardiologista, ela foi informada de que a filha poderia ter um síndroma.

Ela foi então diagnosticada com a síndrome de Williams, que pode ser caracterizada por problemas de aprendizagem, características faciais distintas e problemas cardíacos.

Em 2013, isso levou a complicações de uma cirurgia cardíaca e Emmy entrou duas vezes em parada cardíaca na sala de recuperação, resultando em um suporte de vida por uma semana.

Mamãe Vanessa diz que agora sua filha está indo bem, mas ela não sabe o que o futuro trará.

O sorriso adorável dessa garotinha escondia o sinal de que algo não estava certo

“Os dias especiais que tenho com Emmy não são os grandes dias como viagens à Disney e ficarmos aconchegadas no sofá em um dia chuvoso”, escreveu ela.

“Adoro nossas conversas noturnas em família, Emmy é hilária. Ela fica quieta por cinco minutos – apenas ouvindo, depois aparece com uma frase que derruba a casa”.

Ela disse que muitas pessoas pensam erroneamente que a síndrome de Williams significa que sua filha é feliz o tempo todo, mas diz que sua filha passa por toda a gama de emoções como qualquer outra pessoa.

Quando soube que os traços faciais de sua filha seriam diferentes, ela achou difícil, mas agora considera seus olhos ‘lindos’ e sorri como um presente – junto com sua personalidade alegre.

Emmy luta com habilidades motoras, como segurar um lápis, e acha difícil manter-se de pé em um banco da escola devido a sua musculatura enfraquecida.

Vanessa disse que sua filha adora esportes e isso a levou a ‘testemunhar as partes mais bonitas da humanidade’ quando outras crianças percebem que ela está ficando para trás e a ajudam.

O sorriso adorável dessa garotinha escondia o sinal de que algo não estava certo

Ela espera que Emmy seja capaz de alcançar tudo o que decidir na vida. “Eu adoraria ver Emmy dirigir um carro, ir para a faculdade e casar (se ela quiser)”, disse Vanessa.

“Ter uma profissão da qual se orgulhe e gostaria que ela se sentisse valorizada no trabalho.

Gostaria que ela tivesse algumas boas, sólidas e significativas amizades. Acima de tudo, gostaria que ela tivesse felicidade sem fim “.

Vanessa escreve um blog que segue a jornada de sua família chamada Williams Syndrome Smile.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Mirror