Minilua

O lado negro de Sonic: A Fase do Inferno

O que você verá a seguir é uma creepypasta, que são lendas modernas difundidas pela internet, por fóruns, e-mails e redes sociais. Normalmente podem ser fictícias, sem provas ou fontes confiáveis, ficando assim apenas como um conto de terror, mas… e se forem reais?

Como foi feito nas últimas edições desta série, para o post de hoje também produzimos um vídeo, mas também disponibilizamos a forma em leitura para quem prefere do modo mais tradicional do quadro: O Lado Negro.

 

Versão em vídeo:

 

 

Versão em texto:

Nunca fui muito fã de Sonic, quando era menor jogava algumas vezes no mega drive da minha prima, cresci jogando mais super nintendo com meu irmão, com quem moro hoje.

Sempre gostei de videogames antigos, e teve um dia em que estava andando por uma feira de antiguidades no centro, quando encontrei um mega drive, estava um pouco velho e arranhado, o senhor da barraca testou ele com uma TV que ele tinha, com um cartucho do Sonic e estava funcionando. Ele me vendeu a um ótimo preço, já que o aparelho estava naquele estado, quando estava saindo ele me chamou e me entregou o cartucho dizendo: “Aqui rapaz, pode ficar com isso, estou muito velho, vou morrer logo, alguém tem que cuidar dele!”. Achei aquilo meio estranho, se bem que ele era um senhor um tanto estranho então não me importei.

Quando cheguei em casa não tinha ninguém, coloquei minha mochila no sofá e fui a cozinha tomar água. Na volta escutei algo estranho, achei que fosse algum cachorro ladrando na rua.

Resolvi instalar o mega drive na TV, pra sentir um pouco de nostalgia, coloquei o cartucho do Sonic e dei um sorriso quando escutei o “SEEEGA” clássico desse jogo. Tudo parecia normal, joguei normalmente, morri uma ou duas vezes até conseguir passar a primeira fase.

Chegando na segunda fase, Marble Zone, a fase começou normalmente, me lembrei de como gostava da musica da Marble Zone. Comecei a andar com Sonic pela fase normalmente, até que, em uma parte do jogo, o chão sumiu, meio que de forma grotesca, e a tela ficou toda preta e a musica parou.

Achei que fosse um erro na gravação do cartucho. Quando apareceu uma fase estranha…. Sonic caiu nela, “legal, o jogo foi modificado”, pensei. Bem, com nunca fui muito fã não me irritei, até achei interessante a fase, mais sombria. Continuei a andar pela tela, alguns segundos e nada aparecia, a fase possuía apenas algo parecido com montanhas e fogo no fundo. Sonic caminhava sobre uma plataforma de pedra, parecia queimada.

Conforme andava pela fase reparava que o personagem ficava lento, até que uma hora ele parou e a tela começou a tremer, como eu não conseguia mais movê-lo achei que fosse um cutscene.

Quando reparei mais no Sonic vi que ele estava com uma expressão de dor, ele começou a tremer um pouco e caiu de joelhos,  uma pata enorme apareceu do lado esquerdo dele, parecia de cachorro, e depois outra apareceu do lado direito, pareciam patas caninas. E então ao fundo apareceu um tipo de demônio, gigantesco, vermelho e com uma face humana e chifres, sempre curti jogos com criaturas medonhas, então fiquei empolgado, achando que era algum tipo de chefe criado por um hacker. Ele primeiro olhou para a tela e sorriu, aqueles dentes pontiagudos me deixaram um pouco assustado.

A criatura olhou para baixo e abriu a boca, eu comecei a tentar mover Sonic mais nada acontecia, ele só ficava lá tremendo e com aquela expressão de dor.

Algo começou a sair da boca da criatura, parecia lava, o controle começou a esquentar de forma estranha, achei no começo que estivesse com defeito. Quando a lava saiu da boca do bicho e caiu em cima do Sonic, o controle esquentou de um jeito que eu não aguentei segurá-lo, quando caiu no chão o plástico do controle começou a borbulhar, assim como o console, a temperatura da sala também aumentou muito, eu suava bastante e tremia, não fazia ideia do que estava acontecendo.

Sonic não estava mais na tela depois que a criatura parou de “babar” lava, tinha apenas algo embolado pegando fogo abaixo da cabeça dele. Ele olhou fixamente para frente por alguns segundos, me encarando, não conseguia me mover, estava congelado de medo, uma voz estranha saiu da TV “agora você é meu”, a criatura começou a se aproximar da tela, minha respiração começou a acelerar, eu queria sair dali, mais não conseguia mover meu corpo.

A criatura tomou impulso e pulou em direção a tela, eu virei o rosto e fechei os olhos, ouvi um barulho, a temperatura começou a baixar, eu olhei para frente a TV estava com uma rachadura, aos poucos fui tomando fôlego, cheguei mais perto da TV e reparei que a rachadura estava de dentro pra fora. O videogame e o controle estavam derretidos, não sei se eles pegaram fogo, não reparei naquele momento, entretanto, o cartucho estava intacto. Meu irmão chegou em casa e viu a situação da TV, não sabia como explicar o que aconteceu, disse que não sabia o que tinha acontecido, ele achou que foi um curto-circuito.

Até hoje não sei bem o que aconteceu naquele dia, os aparelhos foram jogados fora, eu pretendia jogar o cartucho também, só que não consegui. Algo me prende a ele, não sei como explicar…

Sugira uma creepypasta que você gostaria de ver no Minilua! Se quiser me adicionar no Face: http://www.facebook.com/adrianosaadehminilua

<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/o-lado-negro-de-sonic-a-fase-do-inferno/amp/index.html //-->