Início Curiosidades

O dia em que as Cataratas do Niágara secaram

As pessoas corriam para a igreja, orando pelas quedas de novo!

Cataratas do Niágara fica seca

Todo mundo sabe sobre o dia em que a música morreu, mas e o dia em que as Cataratas do Niágara secaram?

Na manhã de 30 de março de 1848, as pessoas que moravam perto das Cataratas do Niágara acordaram com um silêncio assustador.

O que aconteceu com o rugido estrondoso das quedas?

Em uma inspeção mais minuciosa, viram horrorizados que o rio Niagara tivesse sido reduzido a nada mais do que um filete.

Peixes estavam mortos e tartarugas cambaleavam desamparadas enquanto oportunistas caminhavam no leito do rio, recolhendo armas, baionetas e machados como lembranças.

À medida que as notícias incríveis se espalharam, milhares de pessoas se reuniram em cidades próximas para testemunhar o espetáculo bizarro.

Moinhos e fábricas foram forçados a fechar porque as rodas d’água pararam e preocuparam as almas, convencidas de que o fim do mundo estava próximo, reuniram-se na igreja, rezando para que as cataratas voltassem a fluir novamente.

Em seguida, a causa do mistério foi revelada:

A força de vendaval, ventos do sudoeste empurraram enormes pedaços de gelo para a extremidade nordeste do lago Erie, formando uma represa de gelo que bloqueava a saída do lago no rio Niagara.

Finalmente, na noite de 31 de março, um estrondo distante soou do rio acima, e uma parede de água desceu correndo pelo Niagara e pelas cataratas.

A represa de gelo havia limpado. O mundo estava funcionando de novo.

Fatos sobre a queda:

Despeja 634.000 galões de água por segundo.

Ele pode encher todas as piscinas dos EUA em apenas 3 dias!

Levaria 2 milhões de anos para toda a água do mundo fluir sobre as cataratas.

É de 95 decibéis o barulho da queda, tão alto quanto som de um jato decolando.

As cataratas estão em constante movimento e eventualmente desaparecerão no lago Erie.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys