Nicolas Cage confessou que passou anos procurando o Santo Graal na Inglaterra e nos EUA

ANÚNCIO

ANÚNCIO

Ele é um dos atores mais excêntricos de Hollywood e recentemente revelou em uma entrevista que ele viveu uma verdadeira aventura por um tempo: estava procurando pelo Santo Graal.

Embora ele prefira ficar em casa e tente não criar muita controvérsia na mídia com sua vida pessoal, a verdade é que Nicolas Cage é um dos homens mais estranhos e bizarros do mundo do entretenimento, e suas verdadeiras aventuras são incomuns.

Nicolas Cage confessou que passou anos procurando o Santo Graal na Inglaterra e nos EUA

Talvez ele não tenha problemas com outras celebridades ou tenha muita presença nas redes sociais, mas esse ator tem uma vida bastante peculiar. Já se sabia que ele normalmente compra itens muito raros e valiosos, como um crânio de dinossauro ou uma mansão assombrada.

Mas em uma entrevista recente, Nicolas revelou outros detalhes de sua vida, como ter ajudado Johnny Depp a entrar no mundo da atuação e ter feito uma busca pelo Santo Graal, no mais puro estilo de seu personagem Benjamin Gates, em A Lenda do Tesouro Perdido (2004).

Nicolas Cage confessou que passou anos procurando o Santo Graal na Inglaterra e nos EUA

O ator explicou que ele passou alguns anos de sua vida sem fazer nada além de meditar e ler. Ele gostava especialmente de ler sobre filosofia e percebeu que em muitos livros eles mencionavam aquele cálice místico:

“Uma coisa levou a outra. É como quando você faz uma biblioteca. Você lê um livro, e há uma referência a outro livro, e então você compra aquele livro e relaciona as referências. Para mim, tudo chegava em onde está o Graal? Esteva aqui? Estava lá? E Glastonbury? Existe?”

Então, depois de ter documentado muito bem, Cage começou sua busca pelo Santo Graal. Sua aventura durou alguns anos e ele procurou principalmente na Inglaterra, mas também em vários lugares nos Estados Unidos.

Depois de se aventurar em muitos lugares, Cage se perguntou por que ele não havia encontrado esse objeto sagrado e concluiu que o Graal já havia sido encontrado, mas que não é um cálice, mas o planeta em que vivemos: “Eu finalmente concluí o que é o Graal, mas a própria Terra?

Nicolas Cage confessou que passou anos procurando o Santo Graal na Inglaterra e nos EUA

Talvez ele não tenha encontrado o cálice que estava procurando, mas certamente se divertiu e viajou muito até chegar a essa conclusão. Talvez no futuro haja um filme com o cruzamento de Benjamin Gates e Professor Lang de O Código Da Vinci.