Mulher Indonésia chamada de bruxa por dar a luz ao bebê lagarto

ANÚNCIO

Há as coisas estranhas de sempre e depois as absolutamente bizarras.

Debi Nubatonis, uma indonésia de 31 anos na remota vila de Oenunto, estava grávida há oito meses, quando de repente teve contrações. O que saiu do trabalho foi uma lagartixa, que assustou toda a vila.

ANÚNCIO

indonesia-lizard-birth

O horror levou à raiva quando uma multidão de linchadores foi atrás da mulher, acusando-a de praticar bruxaria. Ela e sua família estavam recebendo ameaças desde que uma parteira a ajudou a dar à luz.

O episódio desconcertou os médicos, que afirmam que não havia como uma fêmea humana dar à luz um lagarto. O Dr. Messe Ataupa, diretor médico da cidade vizinha de Kupang, afirmou que uma equipe foi enviada à vila para investigar o parto reptiliano.

ANÚNCIO

“É claramente absurdo sugerir que a mulher deu à luz um lagarto”, disse o Dr. Ataupa. “Nunca houve um caso comprovado de um organismo vivo de uma espécie dando à luz uma espécie diferente; simplesmente não acontece. “

Várias hipóteses estão sendo apresentadas no debate na Internet sobre o incidente. A ausência de um bebê real desde o nascimento leva o Dr. Ataupa a acreditar que era uma gravidez fantasma, que é uma condição médica real.

Ele explicou que a descarga pode ter pousado em um lagarto durante o parto, que a parteira viu depois, o que a levou a juntar dois e dois.

A própria parteira, cujo nome é Josephine Lydia Hellen Wadu, insistiu em levar o lagarto ao Centro de Saúde Oenuntono para registrar uma denúncia de que ele era o bebê real da mulher.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Weird Asia News

 

ANÚNCIO